FURTO EM ESTACIONAMENTO!!!

Nenhum comentário

Quando você deixa o carro no estacionamento ou entrega a chave ao manobrista, a guarda do bem passa a ser do estabelecimento. 
Ele responde pela segurança do veículo, por tudo o que tem lá dentro e até pelos danos causados por terceiros.
Exija o ressarcimento do prejuízo, para resguardar os seus direitos, faça um “Boletim de Ocorrência na Delegacia” mais próxima.
Depois, providencie 03 (três) orçamentos como opção para o dono do estabelecimento e caso ele finque o pé, procure a Justiça Comum ou o JUIZADO ESPECIAL DE PEQUENAS CAUSAS, para danos de até quarenta salários mínimos munido do Boletim de Ocorrência e dos orçamentos.
No caso de veículo roubado o procedimento é o mesmo, ou seja, acelere o processo indo imediatamente à Delegacia de Polícia, para registrar o Boletim de Ocorrência, mesmo que o comerciante prometa dar outro carro.
Amanhã, ele pode voltar atrás no acordo e a briga deverá ser resolvida na justiça, sua palavra vale sempre, mas é bom se armar de provas.
Nenhum estabelecimento é obrigado a oferecer manobrista ou estacionamento, mas se oferece o serviço arca com a segurança do bem. (Amparo legal; artigos   6º,  inciso  VI;   14, § 1 inc. 1 e 3;  e  § 3  incisos I e II do CDC ).
Existe jurisprudência no SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA dando ganho de causa a consumidores que deixaram seus veículos em estacionamentos, inclusive gratuitos e quando voltaram encontraram seus automóveis sinistrados ou roubados.
Vale lembrar que é sempre bom dar uma volta em seu veículo para verificar, se não existe nenhum dano na hora em que você o recebe do manobrista, evitando assim chegar em casa e constatar que o seu carro foi riscado ou amassado.
POR, RODINEI LAFAETE

Nenhum comentário

Postar um comentário