Representantes de cooperativas de credito expõem modelos de sucesso durante workshop no Acre

Nenhum comentário

O Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo no Estado do Acre (SESCOOP/AC), promoveu um Workshop - Soluções, Experiências e Práticas de Referência no Cooperativismo de Crédito, onde foi apresentado casos de sucessos de cooperativas de crédito, a proposta do evento era apresentar referências do cooperativismo brasileiro, identificados pela Confederação Alemã de Cooperativas – DGRV (Deutscher Genossenschafts und Raiffeisenverband e. V.). O encontro foi realizado nos dias 23 e 24/09, no auditório da Federação das Indústrias do Acre – FIEAC.
O evento contou com a presença do Presidente da Central Cresol Baser, Alzimiro Thomé, David Conchon, Superintendente de Negócios da Sicredi União PR/SP, Silvio Giusti, Consultor do Projeto OCB/DGRV, Felipe Camelo, Gerente de Relações Institucionais da Sicoob Credicitrus e Gledson Viana, gerente de marketing da Sicoob Credicitrus, mediado por Valdemiro Rocha, presidente da Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB) e Emerson Gomes, superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo (Sescoop).
Foram explorados os casos das seguintes cooperativas: Sicredi União PR/SP, Cresol Central Baser, Sicoob Credicitrus e a Viacredi Blumenau. Ressaltando aí o diferencial da visão do cooperativismo, que é proporcionar a transformação socioeconômica.
Impressões
“As cooperativas precisam cada vez mais trabalhar no seu propósito. O que vai distinguir as cooperativas de crédito no futuro, não vai ser as tarifas, distribuição de sobras ou atendimento, e sim a sua causa. A moeda do futuro é o significado, devemos deixar muito claro qual é o significado e propósito da visão cooperativista, e isso deve está incorporado tanto em seu quadro social quanto no quadro de colaboradores, que é transformar a vida das pessoas, levar prosperidades a elas e suas comunidades”, diz Silvio Giusti.
“O cooperativismo só faz sentido se for praticado de tal forma que seja melhor que a indústria bancaria”, ressaltou Felipe Camelo.
O otimismo das cooperativas para com seus cooperados é de que a essência da visão cooperativista seja cada vez mais restaurada, e que o maior beneficiado de tudo isso seja justamente a sociedade Acreana.
Saiba mais sobre a visão do cooperativismo Brasileiro AQUI.
“A cada dia que passa nós buscamos levar qualidade em nossos serviços prestados a todos os associados da cooperativa e a sociedade em geral”, disse Roberto Santos, gerente do Sicredi Noroeste MT e AC. Emanuela Nobrega, conselheira administrativa do Sicoob Unirbo, disse que o evento despertou o desejo de ser mais cooperativista após ter conhecimento dos casos de sucesso apresentado.
As cooperativas de crédito têm executado diversos projetos na região Sul e Sudeste do Brasil, a expectativa levantada durante todo o workshop, é de que o Acre tem grandes possibilidades de alterar sua realidade socioeconômica através das cooperativas financeiras já existentes.

Nenhum comentário

Postar um comentário