Prisão em 2ª instancia: julgamento é suspenso com placar em 4 x 3 em defesa da medida

Nenhum comentário

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), deu o terceiro voto contrário à manutenção do atual entendimento da corte que permite a execução da pena de prisão após a condenação em segunda instância, deixando o placar temporário de quatro votos a favor e três contra a medida.
O julgamento foi suspenso após o sétimo voto dado e ainda faltam quatro ministros a votar. O principal fato da sessão desta quinta-feira --após quatro sessões de julgamento-- foi o voto da ministra Rosa Weber, que mudou entendimento adotado em julgamentos anteriores e se posicionou contra a prisão em segunda instância.
O presidente do STF, Dias Toffoli, vai anunciar na próxima segunda-feira quando o julgamento será retomado. Segundo ele, não haverá sessão na próxima semana, o que estava previsto em calendário divulgado pela corte em abril. Ele aventou a possibilidade de que possa ser retomado no dia 6 ou 7 de novembro.

Nenhum comentário

Postar um comentário