*APÓS REUNIÃO COM MARA ROCHA A ANEEL FARÁ DILIGÊNCIAS NA ENERGISA PARA FISCALIZAR OS AUMENTOS NAS CONTAS DE LUZ*

Nenhum comentário


A Deputada Federal Mara Rocha (PSDB/AC) participou, na manhã dessa sexta-feira (04/10) de reunião com o Superintendente de Gestão Tarifária, Sr. Davi Antunes Lima, e o Superintendente de Mediação Administrativa, Ouvidoria Setorial e Participação Pública, Sr André Ruelli, representando a Agência Nacional de Energia Elétrica - ANEEL. 

Na ocasião a parlamentar entregou aproximadamente 120 contas de energia, de consumidores do Acre, comprovando os aumentos verificados no consumo e no valor final da energia.

“Fiz o pedido nas minhas redes sociais e em apenas dois dias recebi 120 contas com comparativo do valor pago em agosto e setembro. A minha assessoria analisou conta a conta, fez os cálculos de percentual de aumento e os valores que identificamos choca, chegamos a encontrar um aumento de 225% no consumo e aumento de mais de 1.000% no valor, encontrando uma média de aumento no consumo de 63%, do mês de agosto de 2019 para setembro de 2019, enquanto a média de aumento nas contas aumentou 91% de um mês para outro”, afirmou a parlamentar.

O Sr, Davi Lima agradeceu a entrega das contas: “Esse material nos ajuda muito, com ele já podemos avaliar que, realmente, os valores estão acima do padrão considerado normal quando uma empresa assume os serviços de energia. Iremos fazer diligências na Energisa do Acre hoje ainda, requerendo informações detalhadas sobre a medição e o faturamento, que iremos comparar com as contas que a Deputada Mara Rocha nos trouxe.”

Segundo os representantes da ANEEL, as perdas técnicas no Acre são pequenas, girando em torno de 18% e as perdas “não técnicas”, representadas pelo furto de energia, por exemplo, não podem ser combatidas de forma tão pesada ao consumidor.

“A partir dessas contas que estamos recebendo, é perceptível que existem discrepâncias e precisam ser analisadas. O assunto pede medidas rápidas, a ENERGISA deve se explicar e vamos marcar uma visita à sede da empresa em Rio Branco nos próximos dias. Compreendemos que a empresa precisa resgatar a autoridade da concessão, combatendo furtos e outras ilicitudes, mas não pode deixar de respeitar a boa-fé do consumidor, e a ANEEL está aqui para garantir que o direito dos consumidores de energia seja respeitado”, afirmou o Sr. André Ruelli.

Os representantes da ANEEL pediram à parlamentar tucana que tente intermediar uma visita dos membros da CPI da ENERGISA à sede da Agência, em Brasília, para que possam discutir com técnicos os detalhes sobre o modelo de concessão. 

Mara Rocha demonstrou satisfação ao final da reunião: “Foi um encontro proveitoso, a partir das contas de energia que recebi consegui demonstrar que há algo errado nos cálculos praticados pela ENERGISA. Compreendo que estamos em um modelo capitalista, mas se a empresa continuar praticando esses aumentos, acabará por afastar os consumidores e o risco é aumentar, ainda mais, os furtos de energia. Não podemos esquecer que a energia elétrica é uma necessidade e que as empresas concessionárias têm um papel social a cumprir”.



Nenhum comentário

Postar um comentário