Nota Pública

Nenhum comentário


ASCOM/SINTESAC

O Comando de Greve da Saúde, vem a público afirmar que a luta por melhorias nas condições de trabalho e valorização dos servidores não irá parar, até que o Governador Gladson Cameli, avance com atos concretos que contemplem os trabalhadores e usuários dos serviços, saindo do campo das promessas e passando a adotar medidas que possam efetivamente, conferir um tratamento digno para com os profissionais de saúde, que dedicam suas vidas, dia e noite, nas precárias unidades de saúde deste Estado.

Ainda acreditamos que,  com compromisso, empenho e alguns ajustes, este Governo,  terá plenas condições de consolidar as demandas justas e legais que pleiteamos, a fim de termos condições seguras, para atendermos a população,  com a  devida postura que se espera de um governo, respeitar, ouvir, apoiar e valorizar seus trabalhadores.

Observamos com preocupação a manutenção do Coronel Rezende no cargo de Secretário Adjunto da SESACRE, depois que este provocou grande animosidade ao chamar os servidores da Saúde de VAGABUNDOS, passando a mensagem de que esta, é a forma como a atual gestão enxerga as pessoas que foram às ruas pedir mais dignidade, uma vez que até a presente data, os atos do governo foram apenas de chancelar, sem ao menos ter a humildade de se redimir, perante a sociedade e os servidores, com, sequer, um pedido de desculpas.

Jamais iremos esquecer esta afronta, mas, cabe ao governador refletir, se realmente  é esse o tratamento que ele acha  merecermos, depois de tudo que essa categoria fez em prol do processo de mudança no último pleito eleitoral.  O que ao nosso ver, além de injusto, é abominável, e combateremos  dia e noite, enquanto força tivermos.

No mais, informamos aos nossos colegas que recorremos da decisão liminar que mandou suspender a nossa greve, esperando que o Judiciário repare esse erro, bem como advertimos ao Governo que continuaremos mobilizando os trabalhadores por meios de outros atos que, dentro da lei, serão tão emblemáticos quanto a paralisação/greve ocorrida na semana passada, até que sejamos efetivamente atendidos, com MELHORIAS NAS CONDIÇÕES DE TRABALHO, REFORMULAÇÃO DO PCCR, CRIAÇÃO DA ETAPA ALIMENTAÇÃO E REGULAMENTAÇÃO DO PRÓ SAÚDE.

Atenciosamente:


Sindicato dos Trabalhadores em Saúde do Estado do Acre

Sindicato dos Enfermeiros do Estado do Acre

Sindicato dos Profissionais Auxiliares e Técnicos em Enfermagem e
Enfermeiros do Estado do Acre

Sindicato dos Biomédicos do Estado do Acre

Sindicato dos Condutores de Ambulância do Estado do Acre

Sindicato dos Farmacêuticos do Estado do Acre

Sindicato dos Odontólogos do Estado do Acre

Sindicato dos Radiologistas do Estado do Acre

Sindicato dos Técnicos em Laboratório do Estado do Acre


Nenhum comentário

Postar um comentário