Magistratura acreana comemora os resultados positivos alcançados que fazem parte do Relatório Justiça em Números 2019

Nenhum comentário
Daniel Bonfim

A magistratura acreana comemora a divulgação dos resultados do Relatório Justiça em Números 2019 realizado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que apresenta dados positivos dos magistrados do Tribunal de Justiça do Acre (TJAC).

Para Danniel Bomfim, presidente da Associação dos Magistrados do Acre (Asmac), os dados demonstram que a magistratura acreana está comprometida com a produtividade e qualidade da prestação jurisdicional. "Temos juízes, desembargadores e servidores que estão entre os melhores do país, preocupados com a solução dos problemas sociais e prontos para atender todos que procuram o Poder Judiciário para a resolução de seus problemas de forma eficiente".

“Os dados demonstram a dedicação e o empenho dos magistrados e servidores em garantir maior agilidade na tramitação dos processos”, celebrou Danniel Bomfim.

Enquanto a média nacional de tramitação de um processo chega a um ano e nove meses, o TJAC apresentou um tempo de 11 meses. Segundo o presidente da Associação, o levantamento do CNJ demonstra a eficiência da Justiça acreana e a qualidade da gestão do Tribunal, sendo destaque também quando optou pela ferramenta do processo digital, pois os dados apontam que o TJAC está entre os 11 tribunais que apresentaram 100% de digitalização de todos os processos.

“É a prova de que o trabalho realizado busca beneficiar toda a sociedade, com economia e eficiência, superando todas as dificuldades do parque tecnológico, de ordem logística, financeira e de pessoal, mesmo diante da crise econômica que enfrentamos, conseguimos entregar uma justiça de qualidade que é destaque no cenário nacional”, falou o presidente da Asmac.

Os dados divulgados pelo CNJ têm como base os levantamentos realizados em 2018.  



Nenhum comentário

Postar um comentário