Em encontro com integrantes, Vanda Milani confirma seu apoio a grupo de Cadastro Geral do concurso da Polícia Civil.

Nenhum comentário


A deputada Vanda Milani (SD) reiterou seu apoio incondicional à incorporação dos integrantes do grupo do Cadastro Geral de Reserva do concurso da Polícia Civil. A parlamentar reafirmou a firme intenção de lutar pela causa durante encontro  com o grupo por ocasião das comemorações  cívico-militar do 7 de setembro. O concurso da Polícia Civil ocorreu em 2017, com a convocação, pelo Governo do Estado em abril deste ano, de  250 candidatos aprovados  entre agentes de polícia, auxiliar de necropsia, delegados de polícia e escrivão de polícia.
Esses  aprovados vem realizando na Academia de Polícia (ACADEPOL) curso de formação  que deve durar até 1 de novembro deste ano. Foi formado, então, um cadastro reserva do concurso de 2017 para 423 agentes de polícia civil e 33 escrivães de polícia. A expectativa deste segundo  grupo é ser convocado logo após o término das aulas da primeira turma. ”Vamos trabalhar para que este segundo grupo seja convocado haja vista que segurança é fundamental para todo o Acre”, garante a deputada.
Defasagem
O grupo do Cadastro Geral de Reserva do Concurso de 2017 lembra que o último concurso para a Polícia Civil ocorreu em 2012. Hoje, a instituição conta com um contingente reduzido  de 720 policiais civis, enquanto que o quantitativo mínimo previsto em lei somente para o cargo de agente de polícia  é de 1500 policiais. Vanda Milani se comprometeu em levar esta pauta aos governantes, já que, segundo ela, a população precisa renovar a tranquilidade da vida em comunidade. “Meu empenho é garantir o direito de ir e vir assegurado em lei. E segurança é prioridade deste governo”, concluiu.

Nenhum comentário

Postar um comentário