Bancada pede inclusão do Acre no projeto-piloto de Segurança Pública em reunião na Secretaria de Governo de Bolsonaro

Nenhum comentário

 Senadora Mailza Gomes que articulou agenda destacou ao ministro Ramos a necessidade de investimentos federais  na segurança pública do estado


A bancada federal do Acre esteve em audiência nesta terça-feira, 10, com o ministro da Secretaria de Governo, Luiz Eduardo Ramos, para solicitar a inclusão do Acre no projeto-piloto de Segurança Pública. A senadora Mailza Gomes que articulou a agenda destacou ao ministro a importância de recursos federais para diminuir os índices de violência no estado. Estiveram presentes o senador Sérgio Petecão (PSD), os deputados federais Alan Rick (PRB), Jesus Sérgio (PDT), Manuel Marcos (PRB) Vanda Milani (Solidariedade) e Perpétua Almeida (PCdoB). O representante do governo do Acre, Ricardo França e  o Coronel Ulysses da Secretaria Nacional de Segurança Pública também participaram da audiência.

De acordo com a senadora a reunião foi extremamente importante para incluir o Acre no radar da presidência da República. “Sabemos  da importância do governo federal em nosso Acre, estou atenta e empenhada em contribuir com o nosso governador Gladson Cameli que tem entregado resultados positivos na área da Segurança Pública, mas que precisa de mais recursos e uma atenção especial do governo Bolsonaro”, frisou Mailza.

Especialista da segurança do Acre e atualmente integrante da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Coronel Ulysses, também esteve presente na reunião e informou com detalhes os números da segurança acreana. “Uma honra atender ao convite da Senadora Mailza para acompanhar a bancada de parlamentares do Acre na audiência com Ministro Secretaria de Governo da Presidência na busca de melhorias na Segurança Pública do nosso Estado. Ficou acertado uma reunião com o Ministro Sérgio Moro no sentido de levar as demandas defendidas pela senadora Mailza e bancada, tendo como base as informações e radiografia da segurança pública do Acre, a qual tive oportunidade de relatar e que será replicada ao ministro da Justiça. Muito feliz em poder ajudar o Estado do Acre no plano nacional de segurança” destacou o coronel. 

Para o coordenador da bancada, senador Sérgio Petecão os parlamentares, independente de partido, estão unidos em à favor do Acre. “Sempre tenho dito que a bancada federal do Acre sempre trabalha unida e não olha para diferenças partidárias. Nos unimos em prol da população que já não aguenta mais conviver com a sensação de insegurança. O governo estadual tem feito um bom trabalho, contudo, o governo federal precisa dar ao nosso estado um tratamento diferenciado, pois temos em nossas fronteiras os dois maiores países produtores de drogas do mundo. A segurança precisa ser tratada com prioridade”, disse Petecão.

O deputado Alan Rick destacou a importância do Acre participar do projeto-piloto do ministério da Justiça. “Somos um estado fronteiriço. Estamos ao lado do Peru e da Bolívia, em um extenso corredor desprotegido que tem servido para o tráfico internacional de drogas. Infelizmente não temos o apoio necessário das forças nacionais de segurança para proteger nossa fronteira e combater o tráfico na região, razão pela qual a inclusão do Acre no Plano Nacional de Segurança Pública é fundamental e resultará na redução do tráfico de drogas em todo Brasil”, destacou o deputado. 

O deputado federal Jesus Sérgio disse que a reunião foi satisfatória, “A reunião foi bastante importante principalmente para apresentarmos ao ministro a situação do nosso estado e somente com relação a entrada de drogas que acontece pelo nosso estado é distribuída para todo o Brasil a gente saiu satisfeito e entendi que o ministro pontuou claramente que vai conversar com o ministro Sérgio Moro e vai tomar as providências”, explicou. 

Já a deputada Vanda Milani reiterou  que a geografia do Acre contribui com a violência do estado. “Foi colocada ainda pelos parlamentares a situação singular do Acre, que por sua posição geográfica, com fronteira seca com países sabidamente produtores e exportadores de droga, vem tendo seu território sistematicamente utilizado como canal de entrada e disseminação de narcótico para o resto do Brasil e exterior, o que exige um combate ostensivo, permanente e eficaz ao narcotráfico existente na região. Tudo isto reforça a necessidade de inclusão do Acre no Plano Nacional de Segurança Pública”, disse. 

Conforme o deputado federal Manuel Marcos, esse momento é muito importante para o estado. “A bancada está unida. Fico feliz porque quando se refere aos assuntos do estado, não tem a cor da bandeira partidária, mas existe sim, a bandeira do estado Acre. Quero parabenizar a todos que estão unidos em prol do bem-estar do Acre.”, sustentou o deputado. 

A deputada federal Perpétua Almeida destacou a importância de enfrentar a violência. “Reunião importante. Fico feliz de ouvir do ministro, general Ramos, o compromisso dele com o Acre. Ele se mostrou solidário a nossa dor de vê a violência avançar e estará conosco no enfrentamento à violência”, afirmou.

O representante do Acre em Brasília, Ricardo França, agradeceu em nome da senadora Mailza Gomes, o apoio de toda a bancada federal nos pleitos do governo do estado, afirmando o que essa união é que fortalece as ações. “A representação do Estado em Brasília busca esse fortalecimento com a bancada, a cada dia, pois, com o esforço conjunto,conseguiremos a visibilidade que o Acre precisa e merece no cenário nacional” reforçou França.

Essa  reunião no Planalto é mais um desdobramento d audiência pública que a senadora Mailza participou no final de agosto em Brasileia, município que faz fronteira com a Bolívia, para discutir e buscar soluções para os desafios da segurança pública na região da fronteira. No município, a parlamentar destacou que vai enviar emendas no valor de   R$1 milhão (um milhão de reais) para a segurança pública em Brasileia, Epitaciolândia e Assis Brasil.



Nenhum comentário

Postar um comentário