Estados da região amazônica buscam apoio de países estrangeiros contra desmatamento


Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, já admitiu a extinção do Fundo Amazônia
Estados da Região Norte, que estão em área de influência da Amazônia, buscam negociar diretamente com países estrangeiros investimentos para evitar o desmatamento da floresta. A informação é do jornal O Estado de S. Paulo.
A iniciativa é motivada pela possibilidade de o Fundo Amazônia –que tem por finalidade captar doações para investir em ações de prevenção, monitoramento e combate ao desmatamento da Amazônia– sofrer mudanças ou mesmo ser extinto.
Nas últimas semanas, pelo menos 3 Estados –Pará, Amazonas e Mato Grosso– reuniram-se com representantes da Alemanha e da Noruega, os principais doadores do Fundo, para discutir alternativas de doações sem passar pelo governo federal.
Em entrevista ao jornal, o governador paraense, Helder Barbalho (MDB), afirmou que seu desejo é que o Fundo continue e seja fortalecido, mas que precisa buscar alternativas para preservar a floresta.
“Está muito claro que a Alemanha e Noruega estão buscando parceiros. Nós temos o desejo e a demanda. Se isso será feito por meio de uma articulação federal, não somos contrários a isso. Agora, nós não vamos ficar a reboque disso”, afirmou.
O Estado do Pará já tem uma parceria firmada com a Alemanha no valor de € 12,5 milhões. Agora busca investimento da Noruega. Os valores, porém, tendem a ficar muito abaixo do que o Fundo Amazônia recebia: cerca de R$ 3,4 bilhões.

Postagem Anterior Próxima Postagem