Deputados do Paraguai rejeitam processo de impeachment contra presidente por acordo sobre Itaipu

Nenhum comentário

Renegociação sobre compra de energia com o Brasil levou opositores a pedirem o afastamento de Mario Abdo Benitez. Com o cancelamento do acordo, parlamentares desistiram de aprovar processo de impeachment.

Foto: Jorge Adorno/ Reuters
A Câmara dos Deputados do Paraguai arquivou nesta terça-feira (20), por 43 votos a 36, a abertura de um processo de impeachment contra o presidente paraguaio, Mario Abdo Benítez, e o vice, Hugo Velázquez.
Tanto o presidente quanto o vice do Paraguai correram risco de enfrentar o impeachment por causa do escândalo em torno de uma polêmica renegociação com o Brasil sobre compra de energia da usina hidrelétrica de Itaipu.
O presidente Abdo conseguiu obter apoio de todo o Partido Colorado, grupo dividido que inclui a ala governista, principalmente depois que o acordo foi cancelado oficialmente. Ele comemorou o resultado nas redes sociais.

Nenhum comentário

Postar um comentário