Conselho de Ètica da Câmara abre processo contra a petista Maria do Rosário

Nenhum comentário

Nesta quarta-feira (14), o Conselho de Ética da Câmara Federal abriu processo para averiguar se houve quebra de decoro parlamentar da deputada Maria do Rosário (PT-RS).
A representação foi feita pelo PSL.
A sigla acusa a parlamentar de ter empurrado os deputados Julian Lemos (PSL-PB) e Éder Mauro (PSD-PA) durante comissão na Câmara, em maio deste ano.
O fato ocorreu durante sessão com o ministro Abraham Weintraub (Educação).

Nenhum comentário

Postar um comentário