Vereadores autorizam Prefeitura de Cruzeiro do Sul a contrair empréstimo milionário junto à CEF


Na Câmara, o clima foi acirrado e as opiniões contraditórias quanto a legalidade do projeto, assim como os impactos na economia do município de Cruzeiro do Sul


A Câmara de Vereadores de Cruzeiro do Sul aprovou nesta segunda-feira projeto encaminhado pelo prefeito Ilderlei Cordeiro que autoriza a Prefeitura de Cruzeiro do Sul a contrair empréstimo  de R$ 15,5 milhões junto à Caixa Econômica Federal.

Mesmo em recesso, os 14 vereadores compareceram à sessão extraordinária, que foi bastante movimentada na galeria e do lado de fora do prédio.  

De acordo com a justificativa do projeto, o empréstimo é destinado ao asfaltamento de 100 km de ruas da cidade, incluindo saneamento básico.

O prefeito dá como garantia os repasses do Fundo de Participação dos Município (FPM) e do ICMS junto a Caixa Econômica Federal

Como os vereadores votaram

Alegando inconstitucionalidade, Ronaldo da Farmácia (PDT); Romário Tavares, Mazinho da Br, Carlos Alves e Cosmo Antônio, do MDB, votaram contra.

Ocenir Maciel, Keleu e Chaguinha do Povo, do PTB; Fransciney Melo (PT), Mariazinha (PHS) e Elenildo da Pesca (PP) votaram a favor do prefeito Ilderlei Cordeiro .

Com voto contrário do vereador José Mauri do MDB, já anunciando previamente durante discussão de parecer das comissões, estava nas mãos do vereador Leandro Cândido do PSL, a decisão, que votou favorável, aprovando o empréstimo por 7 votos a 6.

Em entrevista à TV Gazeta, o secretário Municipal de Planejamento, Manoel Orleilson, comemorou a aprovação do projeto,, mesmo não tendo feito ainda os devidos cálculos e juros exatos ao montante global que a Prefeitura terá que pagar a Caixa a partir do mês de agosto de 2021.


 

Postagem Anterior Próxima Postagem