Vanda Milani aloca recursos na LDO para ponte da Sibéria , em Xapuri



A deputada Vanda Milani (SD) apresentou junto à  LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) emenda que vai contribuir definitivamente para  a construção da ponte sobre o rio Acre ligando a zona urbana de Xapuri com os bairros limítrofes da zona rural do bairro  Sibéria. A ponte é uma antiga reivindicação da comunidade da Sibéria que , junto com a estrada Petrópolis e reserva extrativista Chico Mendes,  concentra   quase a metade da população  de Xapuri (42%). A ponte, com 280 metros, vai propiciar a integração definitiva da cidade de forma a fortalecer o comércio local e melhorar os serviços de  educação, segurança e  principalmente da saúde, que depende da balsa para garantir a travessia dos doentes em busca de atendimento no hospital do município e da capital.
Vanda Milani enfatizou  a importância da ponte para cerca de 1.240 famílias moradoras do    bairro Sibéria e reserva extrativista Chico Mendes, cuja produção se concentra   sobretudo no látex e castanha. Essa matéria-prima , até hoje,  é transportada em pequenas balsas que não atendem a demanda da produção. A ponte vai ser ainda absolutamente essencial para a  Sibéria no que se refere a melhoria na infraestrutura do bairro e nos mais de 350 km de ramais existentes naquele lado do rio.
A parlamentar ressaltou ainda a localização estratégica da estrada de Petrópolis, que se inicia no bairro Sibéria e representa a única via transitável o ano todo  e que corta a reserva Extrativista de ponta a ponta.Com a ponte, torna-se uma importante rota para escoamento de produção da reserva Chico Mendes a fim de atender as fábricas de camisinhas e de taco, além da lavoura de subsistência e  mercado de peixe que atende a demanda  interna do município.
Isolamento.
Vanda Milani destacou também  que a construção da ponte representa o fim do isolamento da comunidade da Sibéria, que há muito tempo sofre com a dificuldade de locomoção e vê cerceado seu direito primordial de ir e vir no local e hora desejada. A ponte, segundo Vanda Milani, será enorme estímulo à agricultura, além de especial reforço à pecuária e o manejo madeireiro, “onde já existem mais de 100 planos de manejo aprovados e um potencial  gigantesco na reserva Chico Mendes”.

Postagem Anterior Próxima Postagem