Transporte de combustível no rio Juruá deve ser liberado esta semana

Nenhum comentário


A situação de desabastecimento no Juruá está prestes a ser solucionado. O diretor-geral da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq),  Mário Povia, assinou nesta segunda-feira 8, uma resolução autorizando a Empresa Amazônia Transporte e Logística Ltda a transportar combustíveis nos rios da Amazônia, respeitando naturalmente, as normas de segurança exigidas pelos órgãos de fiscalização.

A empresa só passará a operar com o transporte de combustível assim que os órgãos de fiscalização autorizarem. Mais três empresas poderão ser autorizadas.     

A Antaq está mantendo contatos com as distribuidoras de combustíveis em Cruzeiro do Sul e com os demais envolvidos: Marinha, ANP e Petrobras para restabelecer o abastecimento de combustíveis e derivados no Juruá.

A suspensão temporária se deu por conta do transporte irregular de combustíveis e derivados que ocasionou recentemente a explosão de um barco no rio Juruá com seis vítimas fatais.

Os coordenadores da bancada federal, senador Sérgio Petecão (PSD) e a deputado Jéssica Sales (MDB) solicitaram à direção-geral da Antaq, na semana passada,  a flexibilização  da medida para evitar o colapso nos municípios de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo (que decretaram estado de emergência), ribeirinhos e moradores do alto Juruá que estão sofrendo com  a escassez de combustíveis.

Nesta quarta-feira 10, os prefeitos de Porto Walter, Zézinho Barbary,  e Marechal Thaumaturgo, Isaac Pianko, empresários e representantes de órgãos de fiscalização estarão reunidos em Cruzeiro do Sul para tentar agilizar o processo de liberação.


Nenhum comentário

Postar um comentário