Sindicato dos Urbanitários cobra melhorias e solicita reajustes para servidores do Saerb

Nenhum comentário

Assessoria

Em reunião com o secretário de Relações Políticas e Institucionais do governo, Alysson Bestene, a Diretoria do Sindicato dos Urbanitários do Acre cobrou a revitalização da estrutura da Companhia de Saneamento do Acre (Sanacre) e solicitou que o Estado não privatize o serviço de saneamento básico, proposta que circula no Congresso Nacional e pode ser posta em prática. Além disso, também foi solicitado reajustes para os servidores do Serviço de Água e Esgoto de Rio Branco (Saerb).

Entre as revisões solicitadas para os funcionários do Saerb estão a data-base 2019/2020, aumento salarial, vale alimentação, plano de saúde e reformulação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCS). Apesar das reivindicações feitas ao gestor público, ainda não há um aceno por parte do governo de que as demandas serão atendidas de forma breve. No encontro, ficou definido apenas que os representantes sindicais e os trabalhadores se reunirão com o governador Gladson Cameli.

Presidente do Sindicato dos Urbanitários, Marcelo Jucá destacou que os servidores do Saerb não têm a data-base definida há cerca de cinco anos. Entretanto, ele destacou que a reunião foi produtiva por resultar em um possível encontro com o chefe do Executivo estadual nas próximas semanas. “Já protocolamos todas reivindicações feitas e agora aguardamos essa conversa com o governador. Essa reunião será ampla e vamos tratar todos os assuntos referentes ao saneamento”.

Segundo ele, a falta de infraestrutura mínima nas estações de tratamento de água e esgoto é um problema recorrente em Rio Branco e nas cidades do interior do estado. “Vamos deixar claro para o governador que somos contrários à privatização do saneamento e que isso trará prejuízos à população. Defenderemos também a concessão de benefícios para os trabalhadores do Depasa [Departamento Estadual de Água e Saneamento] com contratos simplificados”, finalizou Jucá.

Nenhum comentário

Postar um comentário