Rodrigo Maia espera apoio para aprovar “PEC paralela” da reforma da Previdência

Nenhum comentário

A expectativa é que o Senado reinclua estados e municípios, e essa parte nova seja enviada para votação na Câmara dos Deputados


O presidente da Câmara  Rodrigo Maia afirmou que deputados de todos os partidos precisam colaborar para aprovar as alterações que o Senado fizer na reforma da Previdência. A expectativa é que o Senado reinclua estados e municípios e encaminhe as modificações à Câmara por meio de uma PEC paralela.

O presidente  Rodrigo Maia se reuniu na semana passada com diversos parlamentares para fazer um balanço sobre a aprovação da reforma e pediu a colaboração dos partidos e dos  governos estaduais para a aprovação da PEC paralela.

Rodrigo Maia disse esperar que estados e municípios sejam reinseridos na reforma, para que possam corrigir o déficit previdenciário. Na avaliação do presidente, o déficit nos entes federados vai crescer mais R$ 40 bilhões nos próximos quatro anos, o que diminui a capacidade de investimento e de pagamento.

Nenhum comentário

Postar um comentário