Parlamentares e vice-governador pedem solução para o acumulo de caminhões na região de alfândega na fronteira do Acre

Nenhum comentário

Os senadores e deputados federais da bancada do Acre serão recebidos, em audiência, nesta terça-feira 9, pelo secretário Especial da Receita Federal, professor Cintra Cavalcanti de Albuquerque.

A audiência foi sugerida pelos deputados Manuel Marcos e Mara Rocha e o vice-governador Wherles Rocha para discutir os problemas ocasionados pelo acumulo de caminhões carregados de gás e combustíveis na zona urbana de Epitaciolândia aguardando liberação da Afândega.

Em novembro de 2018, a Prefeitura de Epitaciolândia realizou audiência pública para debater os problemas ocasionados com as centenas de caminhões de carga que aguardam mais de 72 horas nas ruas da cidade para travessia da região de alfândega na fronteira.

A preocupação da população são as carretas carregadas de gás e combustíveis que ficam estacionados em área urbana no município de Epitaciolândia.  

A demora na travessia vem causando nos últimos anos  certos transtornos à população, tais como, prostituição, uso  de drogas e, principalmente, o manuseio e comércio clandestino de combustíveis  diretamente dos caminhões tanque, fato que pode ocasionar uma tragédia no caso de explosão. O município já foi notificado pelo Corpo de Bombeiros quanto ao perigo iminente de explosões.

MAIS MÉDICOS

Ainda na tarde desta terça-feira, a bancada acreana será recebida pelo  secretário-Executiva do Ministério da Saúde, João Gabarddo dos Reis,  para tratar do Programa Mais Médicos no município de Rio Branco.

 Senadores, deputados e a prefeita Socorro Nei, que também participará do encontro, vão solicitar a reposição de profissionais do programa federal, ou seja, a inclusão do município em chamamento público.

A audiência foi sugerida pelo deputado Alan Rick (DEM).


Nenhum comentário

Postar um comentário