STF retira recurso de Lula da pauta e defesa pede julgamento nesta terça

Nenhum comentário


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes retirou da pauta da Segunda Turma da Corte desta terça-feira a análise do habeas corpus da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que alega a parcialidade do ex-juiz federal e atual ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, na condução do processo do tríplex do Guarujá.
Antes de Gilmar retirar a ação da pauta, a defesa do petista apresentou um recurso pedindo prioridade no julgamento. Com base em reportagens que noticiavam o possível adiamento, os advogados de Lula alegaram que o habeas corpus tem prioridade em relação a outros processos. A defesa também sustenta que o fato de o petista ter mais de 70 anos de idade e já ter tido seu julgamento iniciado justificam a análise do recurso.
O julgamento do habeas corpus do ex-presidente estava marcado para esta terça-feira, mas era o último item da lista elaborada por Cármen Lúcia, que assumiu recentemente a presidência da Segunda Turma do colegiado. Por Veja.

Nenhum comentário

Postar um comentário