Crise e Resposta - Por Márcio Accioly

Nenhum comentário


Márcio Accioly
(01/07/2019)

Na última semana, o governador de Roraima, Antônio Denarium (PSL), manteve reunião com o reitor da UERR – Universidade Estadual de Roraima -, Regys Freitas, buscando encontrar alternativas que descortinem possibilidades para gravíssimo cenário vivido por seu estado na área de Saúde. É tarefa de grande empenho e esforço.

O encontro aconteceu quatro meses e um dia depois de publicado, no Diário Oficial do Estado, decreto de calamidade na Saúde Pública roraimense, assinado pelo governador. Tais registros detalham drama de enorme proporção cujo desenlace transmite a impressão de posicionado em inalcançável distância.

O governador deseja criar um hospital universitário como forma de aliviar as principais unidades de saúde da Capital (Boa Vista), em especial o HGR (Hospital Geral de Roraima) e o HC (Hospital das Clínicas). Essas unidades deixaram de funcionar dentro de padrões de normalidade e se encontram além de seus limites, no caos.

A Luz do Túnel

Em Brasília, o senador Mecias de Jesus (PRB) tem refletido de forma incansável a respeito do melhor caminho, o mais viável, no fornecimento de recursos financeiros que suportem volumosos e sempre crescentes gastos com a saúde roraimense.

O problema, como todos sabem, é que refugiados venezuelanos vêm agravando quadro anteriormente deficitário, em função de demanda que ocorre por progressão geométrica. Tornou-se impossível superar tantos obstáculos. Roraima ameaça sucumbir. Diante dos fatos, é preciso agir e rapidamente.

Mecias apresentou Projeto de Lei, também na última semana, destinando “um por cento da arrecadação das modalidades lotéricas às secretarias de saúde dos Estado e do Distrito Federal”. O PL tem grande chance de ser aprovado, pois contempla os 26 estados da Federação mais o Distrito Federal. Não é proposição que beneficie apenas Roraima.

A receptividade do PL entre os senadores vem sendo melhor do que se esperava. Num Congresso Nacional em que propostas miraculosas deixam de apontar a origem dos recursos necessários à sua completude, o PL do senador Mecias de Jesus oferece completa receita.

Mas o governo federal ainda terá de descobrir como solucionar, de vez, a questão dos refugiados venezuelanos. Se demorar muito, a Venezuela inteira irá se mudar para o estado de Roraima.


Nenhum comentário

Postar um comentário