A FAMÍLIA REAL ACREANA - Por Edinei Muniz



Por Edinei Muniz

O jornalista espanhol Alfonso Domingo, autor da pesquisa mais contundente sobre a vida de Luiz Gálvez, apresentado no livro 'La Estrella Solitária', deixou algumas pistas fatais sobre as origens da Família Real Acreana. A família de Luiz Galvez Rodriguez de Arias. O Imperador do Acre! 

Segundo afirmou Domingo, Luiz Gálvez era filho de José Gálvez Alvarez com Juana Rodriguez de Arias Villavicencio e que o mesmo teria nascido em 26 de janeiro de 1864, em San Fernando (Cádiz), Andaluzia, Espanha.

Os registros familiares do Imperador do Acre nos arquivos oficiais da Espanha, mostram que Galvez veio de uma importante família da nobreza espanhola e que tal linhagem teve participação importantíssima na história  naval do país entre os anos de 1700 até 1900 ou mais. 

O Senhor José Gálvez Alvarez, pai do Imperador do Acre, foi uma importante autoridade da Coroa Espanhola. 

Atuava como Juiz Conselheiro do chamado 'Consejo Supremo de Guerra y Marina', na época, com forte influência junto à coroa hispânica. 

O avô paterno, José Gálvez Pera, era médico e um grande proprietário de terras. 

Luiz Galvez nasceu no seio de uma  família  de marinheiros de alta patente. A familia Rodriguez de Arias acumulou mais de 200 anos de História junto à Marinha Espanhola, a maioria em posições de comando. Alguns Rodriguez Arias foram  governadores de colônias espanholas nas Américas, como é o caso de Cuba, parte do México e Filipinas. 

Para manter a influência familiar nos quadros da Marinha da Espanha, os Rodriguez de Arias, em razão da legislação da época que exigia a condição de nobreza e laços de sangue para o ingresso de novos marinheiros, praticaram a endogamia por pelo menos quatro gerações, não sendo raro nessa passagem o casamento entre meio irmãos.

Gálvez nasceu numa das regiões mais importantes da Europa e do mundo, tanto do ponto de vista comercial quanto do ponto de vista arqueológico, em razão dos achados relacionados à História do Homo Sapiens. 

A cidade de San Fernando, terra natal de Luiz Gálvez, fica bem próxima da região que liga a Europa à África, no caso, o Estreito de Gibraltar, que separa o Mar Mediterrâneo do Oceano Atlântico. 

Na época de Galvez, e até hoje, o estreito, de pouco mais de 14 quilômetros, que separa Marrocos da Espanha, funcionava como ponto de passagem de embarcações em direção à América. 

Em razão do berço histórico poderosíssimo, poucos anos antes de partir para a aventura nas selvas acreanas, um dos tios de Galvez, Rafael Rodríguez de Arias Villavicencio -  irmão da sua mãe, Juana Rodriguez de Arias Villavicencio - era nada mais e nada menos que a maior autoridade da Marinha da Espanha. O Almirante Rafael Rodriguez de Arias era Ministro da Marinha, cargo que ocupou em três oportunidades. 

Rafael, deixou o cargo de Ministro da Armada em 1890. Participou, à contragosto, do desenvolvimento do conhecidíssimo Submarino Peral, o primeiro no mundo a carregar um torpedo e o primeiro movido à energia elétrica. Galvez acompanhou tudo bem de pertinho, na época, ainda com menos de trinta anos de idade. 

Vejam a biografia do tio do Imperador do Acre nas páginas da Academia Real de História da Espanha: 

http://dbe.rah.es/biografias/14607/rafael-rodriguez-de-arias-y-villavicencio

Um outro tio de Luiz Galvez, o senhor José Ignácio Rodrigues de Arias Villavicencio, à frente do Navio Berenguela, comandando 391 marinheiros participou da ocupação do México em 1861. 

Na adolescência, por volta dos treze anos, Galvez viu um outro tio, também irmão da sua mãe, Ignácio Rodrigues de Arias Villavicencio, ocupar uma das cadeiras do Senado da Espanha, cargo iniciado em 1877. 

Veja abaixo: 

http://www.senado.es/web/conocersenado/senadohistoria/senado18341923/senadores/fichasenador/index.html?id1=5218&id2=N

O avô materno de Luiz Galvez, o Senhor José Ignácio Rodriguez de Arias Alvarez Campana, também ocupou cargos de topo na Marinha, tendo participado, inclusive, de expedições ao Brasil. Chegou a ocupar o cargo de Capitão-Geral da Marinha Real Espanhola. 

http://dbe.rah.es/biografias/4726/jose-rodriguez-de-arias-y-alvarez-campana

https://todoavante.es/index.php?title=Rodriguez_de_Arias_y_Alvarez_de_la_Campana,_Jose_Biografia#Or.C3.ADgenes

O bisavô materno de Galvez, Felipe Villavicencio, brigadeiro da Armada Real, foi comandante da Marinha em Cádiz, que era a sua principal base naquela época. 

https://www.todocoleccion.net/documentos-antiguos/firma-emblema-don-felipe-villavicencio-zarzana-comandante-militar-tercio-naval-cadiz~x158210592

Um outro parente de Galvez, Alejandro
Rodriguez Arias, foi Governador de Cuba  até 1893. Cinco anos depois, em 1898, os Estados Unidos tomaram o controle da ilha das mãos da Espanha. No episódio, vários integrantes da família de Galvez participaram dos combates e foram derrotados, naquela que ficou conhecida como Guerra Hispano-americana. 

https://www.alamy.es/foto-alejandro-rodriguez-arias-y-rodulfo-1838-1893-militar-espanol-y-gobernador-general-de-cuba-74420176.html

Seriam necessárias muitas páginas para apresentar os feitos dos familiares de Luiz Galvez ao longo da História da Espanha. Existem dezenas de outros personagens  de igual importância.

O site Geneanet mostra a árvore genealógica de Luiz Galvez. Aparece como 'Luis de Tolosa Arcadio Felipe Juan Bautista da Santíssima Trindade Gálvez Rodríguez de Arias', filho de José Gálvez Alvarez e Juana Rodriguez de Arias Villavicencio, nascido em 26 de janeiro de 1864, em San Fernando, Cádiz, Espanha. É ele! É o Imperador do Acre!

https://gw.geneanet.org/fcojrguezrubio?lang=en&iz=0&p=luis+de+tolosa+arcadio+felipe+juan+bautista+de+la+santisima+trinidad&n=galvez+rodriguez+de+arias


Postagem Anterior Próxima Postagem