Situação econômica do Acre é levada ao conhecimento de Paulo Guedes


Dívida de quase R$ 4 bilhões em operações de crédito, contatadas para o Acre pelos governos anteriores, leva vice-governador e parlamentares a pedir ajuda do Governo Federal.


O vice-governador, Major Rocha, parte da bancada federal e secretários da área econômica foram recebidos nesta terça-feira 22, em audiência reservada, pelo ministro da Economia Paulo Guedes.

O encontro teve por finalidade discutir e encontrar uma solução para que o Governo do Acre possa honrar as operações de crédito contratadas pelos governos anteriores. A secretária da Fazenda, Semirames Dias, informou que foi levado ao conhecimento do ministro Paulo Guedes a atual situação do Governo  do Acre, com relação ao não cumprimento dos gastos públicos e com o limite constitucional da Educação, bem como as inúmeras dívidas herdadas pelo atual governo. “Saio otimista do encontro esperando uma ajuda do Governo Federal” – disse.

Segundo o vice-governador Major Rocha, a divida do Governo do Acre, apenas em operações de crédito, alcança cerca de R$ 4 bilhões, contraída principalmente, nas gestões petistas. “O quadro é grave e o ministro Paulo Guedes foi muito atencioso com a equipe. Ele ficou de encaminhar para os dados para a equipe técnica do Ministério da Defesa para estudar uma forma para resolver esse problema”.

Rocha disse ainda que foram herdadas várias dívidas do governo anterior e que há compromissos pela frente, como o 13º salário, promoções de servidores e que há um passivo a ser pago. “Estamos fazendo todo o esforço possível para honrarmos com esses compromissos”. – disse.

Ainda no Ministério da Economia, a bancada federal, Major Rocha e secretários foram recebidos pela coordenação-geral de Planejamento, para tratar sobre a reinstalação da Agência da  Receita Federal em Sena Madureira.

Postagem Anterior Próxima Postagem