Questão ambiental virou ideologia; diz Márcio Bittar na tribuna do Senado

Nenhum comentário


O senador Márcio Bittar (MDB-AC) disse durante pronunciamento, nesta segunda-feira (27), que a questão ambiental no Brasil está distante de embasamentos científicos. Para ele, o assunto virou uma "religião ideológica", “uma histeria”.
O parlamentar disse não concordar com a ideia de que o homem, a partir da Revolução Industrial, tenha a capacidade de interferir no clima do planeta. Para ele, essa opinião acabou se tornando uma verdadeira ideologia.
Segundo Bittar, em nome dessa hipótese não comprovada, o Brasil abriu mão, por exemplo, de ofertar uma quantidade três vezes maior de alimento do que produz hoje. O parlamentar anunciou que nesta terça-feira (28), na Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional (CRE), comparecerão dois cientistas brasileiros que contestam essa hipótese da influência humana no clima global.
— A hipótese levantada por essa religião ideológica que virou essa questão ambiental, a hipótese levantada de que o homem, que habita 7% do planeta, é quem faz as mudanças climáticas na Terra, é uma falácia — disse.
Por Agência Senado

Nenhum comentário

Postar um comentário