Morre em Manaus Chiquinho Cameli

Nenhum comentário
Orleir, Chiquinho e Eládio Cameli

O empresário Francisco Messias Cameli, 73 anos, irmão do ex-governador Orleir Cameli (falecido) e tio do atual governador do Acre, Gladson Cameli, faleceu durante a madrugada deste Sábado 17, em Manaus (AM), onde lutou contra um câncer no estomago. Chiquinho Cameli, como era mais conhecido, aparece na imagem acima  com o ex-governador e o irmão Eládio, pai de Gladson.

O velório ocorre na sede do Juruá Estaleiros, na Estrada do Brito, km 01, s/n, Cacau Pirera, Induba (AM). O enterro será no Cemitério Recanto da Paz.

O governador acaba de divulgar uma mensagem:

Meus amigos!

Acordei com uma triste notícia.

E é com muito lamento que comunico a todos o falecimento do meu tio, o empresário Francisco Messias Cameli, ocorrido na madrugada deste sábado, 17, na cidade de Manaus.
Não tenho palavras para descrever para vocês quem era meu tio Chiquinho pela emoção que invade meu coração agora e me deixa até mesmo sem o que ele mais amava fazer com as pessoas: despertar o sorriso, as gargalhadas, as piadas.
Sinto uma profunda dor, aquela saudade que sei que nunca vai passar, e a certeza de que nossa família perde mais um homem que sempre lutou para vencer na vida com trabalho e dignidade.
Aos meus primos, minhas tias, meu pai Eládio (o terceiro dos filhos os quais o tio Chiquinho era o primogênito), à todos que tiveram o privilégio de conviver com meu amado tio, deixo minhas sinceras condolências e a certeza de que a alegria, a humildade e o amor, verdadeiramente, prevaleceram em sua caminhada nesta terra.
Essa foto é da minha formatura em engenharia civil, e ele, como sempre, me fazendo sorrir e enxergar tudo de bom que a vida nos presenteia.
Obrigada por tudo, meu tio!
Que Deus continue abençoando o senhor em sua linda morada no céu.
Gladson com o tio Chiquinho durante sua festa de formatura/Foto: Arquivo da família 


Nenhum comentário

Postar um comentário