ACERTOU NA MOSCA!

Nenhum comentário

Por Edinei Muniz 

Avalio como corretíssima a proposta do governo Gladson que visa transformar as atuais dez Assessorias Especiais em Secretarias Adjuntas. 

A iniciativa ofertará ao governo um ganho expressivo de eficiência sem ter que gastar nenhum centavo à mais, já que os salários e os quantitativos serão mantidos. 

Se o Governador souber aproveitar e escolher as pessoas certas, terá à sua disposição os mesmos dez assessores especiais, agora, com atuação setorial, in loco, no foco dos problemas. 

A tendência à promoção de ganhos de eficiência administrativa diante de tal formatação mostra-se muito grande. 

Recomendo que façam uma 'Emenda' na proposta original incluindo no rol de atribuições dos adjuntos a missão de articulação e integração das pastas com os demais setores do governo. Algo como um Secretário-Adjunto de Integração Administrativa Estratégica Setorial. 

A proposta é muito boa! 

Porém, é razoável a Gladson que maneje a caneta da nomeação dos adjuntos pensando um pouco mais na busca de ganhos efetivos de eficiência, com foco na política de busca progressiva de bons resultados. 

À título de sugestão, penso que nomeados com perfis conciliatórios, de boa capacidade técnica e política, sejam os mais recomendáveis.
·          

Nenhum comentário

Postar um comentário