Sonho de se formar vira pesadelo; diz Perpétua Almeida

Nenhum comentário

Jovens estão endividados com o FIES e novos alunos não conseguem ter acesso ao programa


A deputada Federal Perpétua Almeida (PCdoB/AC) pediu providências do Ministério da Educação para regularização do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e cobrou que a Câmara dos Deputados discuta soluções para o endividamento da juventude brasileira.

“Cobrei que o Ministério da Educação tenha responsabilidade com os nossos jovens e dê a devida atenção ao Fies. E reivindiquei que os deputados discutam e busquem soluções para os jovens que estão endividados e desempregados˜, afirma a deputada.

Segundo a parlamentar, vários jovens não estão conseguindo efetuar a matrícula nas faculdades por meio do  FIES. São estudantes que se formariam esse ano e que talvez não concluam o curso por não conseguirem se matricular e outros que estariam começando a estudar agora, mas só poderão ingressar na faculdade no segundo semestre. “Estudar, se formar são sonhos. Não podemos desincentivar nossos jovens”, comenta Perpétua. 

Em relação ao endividamento dos estudantes, Perpétua apresentou um projeto na Câmara dos Deputados que propõe a anistia da dívida do Fies . A proposta está na Comissão de Educação e aguarda parecer do relator, o deputado Felipe Rigoni (PSB-ES).

“É preciso que o Ministério da Educação olhe com mais atenção para o FIES e que a Câmara dos Deputados discuta a negociação da dívida da juventude brasileira. Mais da metade dos jovens que tiveram acesso ao FIES estão endividados. Ao se formar, o estudante se deparou com um país em crise, com mais de 12 milhões de pessoas desempregadas. O Congresso Nacional já perdoou dívida de banqueiros, de usineiros, de grandes fazendeiros e é preciso discutir e propor soluções para a questão da juventude”, concluiu a deputada.

Nenhum comentário

Postar um comentário