Prefeitos acreanos participam da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios

Nenhum comentário

Doze prefeitos acreanos participam da XXII Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, que teve início nesta segunda-feira 8, no Centro Internacional de Convenções do Brasil, na capital federal. O evento reúne prefeitos de todo o Brasil e se encerra na próxima 5ª feira 11. Os municípios do Acre representados no evento são Assis Brasil, Bujarí, Brasiléia, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Feijó, Manoel Urbano, Marechal Thaumaturgo, Porto Acre, Rio Branco, Senador Guiomard e Xapurí. A expectativa dos gestores está no debate com o presidente da República, Jair Bolsonaro, e a equipe ministerial.
Tradicionalmente realizada em maio, a Marcha foi antecipada para abril, para coincidir com os 100 dias de mandato do chefe do Executivo Federal, segundo a Confederação Nacional de Municípios (CNM), organizadora do encontro. De acordo com o presidente da Federação Goiana dos Municípios (FGM), Haroldo Naves, a ideia estaria relacionada com a construção de um novo pacto federativo, que levaria uma distribuição mais justa de obrigações e recursos entre os entes federados (União, Estados e Municípios).
De acordo com o líder do governo Bolsonaro na Câmara dos Deputados, Major Vitor Hugo, a revisão do Pacto Federativo é uma pauta importante, mas que será colocada em outro momento. Segundo ele, o governo tem objetivo estratégico de discutir e rediscutir o pacto federativo.
“São três objetivos grandes na área econômica: a reforma da Previdência ou a construção da nova previdência, como o governo tem chamado; a reforma tributária, para poder simplificar a questão dos impostos e as obrigações; e também a questão do pacto federativo, que é poder transferir mais recurso para base, que são os municípios” pontuou. “Não faz sentido a união concentrar recursos, enquanto as pessoas são os municípios” concluiu.


Nenhum comentário

Postar um comentário