Mara Rocha encaminha indicação ao Ministério da Saúde, solicitando a realização de estudos sobre os efeitos da Vacina contra o HPV.

Nenhum comentário
Mara Rocha na tribuna da Câmara

A Deputada Federal Mara Rocha (PSDB/AC), encaminhou, ao Ministro da Saúde, a Indicação nº 345/2019, sugerindo que sejam realizados estudos e levantamentos sobre as sequelas provocadas pela Vacina contra o HPV.

No texto da indicação, Mara Rocha informa que há diversos relatos pelo mundo de doenças atribuídas ao uso da vacina, como a Síndrome de Guillain-Barré (que afeta o sistema nervoso), falência ovariana, uveítes e convulsões. Segundo a parlamentar, o Governo do Japão chegou a suspender, provisoriamente, a recomendação da vacina.

Mara Rocha ainda se valeu de pesquisa divulgada pelo British Medical Journal (BMJ) que, em outubro de 2013, sugeriu que a vacina estaria associada ao aumento na incidência de doenças autoimunes, como a diabetes tipo 1.

“Recebi correspondência do Presidente da Assembleia Legislativa do Acre, solicitando providências sobre o assunto, como já estava trabalhando em ações parlamentares sobre a vacina contra o HPV, aproveitei o ensejo para encaminhar a indicação ao Ministério da Saúde”, informou Mara Rocha.

“Há motivos para suspeitas acerca da eficácia do medicamento. Apenas no Acre, temos nove famílias com adolescentes que apresentaram algum tipo de doença após o uso da vacina. Em outros Estados também apareceram casos de paralisia após a vacinação. Portanto, o estudo, conduzido pelo Ministério da Saúde, terá o condão de elucidar as suspeitas, evitando novas vitimas”, finalizou a parlamentar.


Nenhum comentário

Postar um comentário