Baixaria e representantes despreparados na CCJ

Nenhum comentário

Baixaria
A ida do ministro Paulo Guedes à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados foi crucial para nós, eleitores, sabermos o quanto os representantes que elegemos são despreparados para defender nossos interesses.
Nas ruas
 O PT fez sua caravana no Sul do país neste final de semana pela liberdade de Lula, enquanto outros movimentos se organizaram pela manutenção da prisão em segunda instância.
* Nenhum dos dois grupos atraiu grandes multidões.
Passa rápido  

Falando em tempo, nesta segunda-feira 8, faz um ano que o ex-presidente Lula está preso.

* Já o ex-senador Gim Argelo (DF) completa, na próxima sexta-feira, três anos de prisão. Ele foi preso em 2016 pela Operação Vitória de Pirro, deflagrada pela Polícia Federal e pelo Ministério Público Federal, como desdobramento da Operação Lava Jato.
* Desde então, também está preso em Curitiba (PR).

Adeus PT

O PT do Distrito Federal recebeu a desfiliação do ex-deputado Wasny de Roure. Candidato ao Senado no ano passado, ele disputou oito eleições pelo partido e exerceu seis mandatos. Wasny alega fatores de ordem pessoal para tomar esta decisão.

* Era um dos petistas contrários à concentração da bandeira da legenda no discurso Lula Livre.

Nos corredores

Nos corredores do Congresso, um parlamentar comentava na semana passada: “ou o governador Gladson Cameli não conhece quem é quem no Acre ou não tem critérios para a nomeação de comissionados”.

Não é hora I

Integrantes do STF avaliaram que o momento não era o melhor para a Corte julgar ações que tratam da prisão após condenação em segunda instância, que estava marcada para o dia 10 de abril passado, uma vez  que há um recurso do ex-presidente Lula contra a condenação no caso do triplex do Guarujá pendente de análise em uma instância judicial inferior, o Superior Tribunal de Justiça (STJ).

Não é hora II

Oficialmente, Toffoli retirou as ações da pauta depois de um pedido feito na segunda-feira pelo Conselho da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A Toffoli, a entidade afirmou que a nova diretoria, recém-empossada, precisava se “inteirar” do processo, do qual é uma das autoras e no qual se posiciona contra a prisão após condenação em segunda instância.

* Toffoli retirou da pauta outras duas ações sobre o mesmo tema – uma apresentada pelo PCdoB e outra pelo PEN.

Frase da semana

“Tchutchuca é a mãe, tchutchuca é a vó” – ministro Paulo Guedes em resposta à provocação do deputado Zéca Dirceu (PT/PR) durante audiência na CCJ.


Nenhum comentário

Postar um comentário