Tesouro Nacional aprova renegociação de empréstimos de R$ 155 milhões do Estado com a Caixa Econômica Federal



O Governador Gladson Cameli recebeu na tarde de hoje (7) da Subsecretária do Tesouro Nacional, Priscila santana, a notícia de que o Governo Federal prestará garantia para as renegociações das operações de crédito “Finisa”, que foram realizadas pelo governo passado com a Caixa Econômica Federal, em situação completamente desfavorável para o governo do Estado.

O governador Gladson Cameli, acompanhado do representante do Acre em Brasília, Ricardo França e do procurador do Estado Armando Melo, havia se reunido há alguns dias com técnicos da Caixa Econômica Federal para estudarem o que poderia ser feito para melhorar a situação dos empréstimos, com relação aos altos juros fixados nas operações. 

O estado tem dois empréstimos junto à caixa, contraídos pelo governo anterior. Sem a garantia da união, os juros são extremamente altos. Com a garantia, os juros caem substancialmente. Para se ter idéia, os valores de taxas dos empréstimos, que variam hoje em torno de 170 por cento, cairão para 120, resultando na economia de milhões que darão sustentação no programa de folhas de pagamento. 

Na reunião desta tarde, o Superintendente Executivo para área governamental Centro Oeste-Norte, da Caixa Econômica Federal, João Régis Teófilo Magalhães, manteve a posição da CEF em proporcionar a renegociação dos empréstimos que chegam a R$ 155 milhões, ajudando o Estado do Acre a criar mais condições de desenvolvimento econômico. Já a Subsecretária do Tesouro Nacional disse que o Governo Federal procurará agilizar os trâmites para a renegociação, o mais rápido possível.


Postagem Anterior Próxima Postagem