ALAN RICK SE REUNE COM O MINISTRO MANDETTA E REAFIRMA LUTA PELOS BRASILEIROS FORMADOS NO EXTERIOR

Deputado Alan Rick e ministro da Saúde Henrique Mandetta

O deputado federal Alan Rick (DEM), esteve reunido na manhã desta quinta-feira, 28, com o no Ministro da Saúde, Henrique Mandetta, para tratar de uma pauta de extrema importância: a situação dos brasileiros formados em medicina no exterior. Alan Rick estava acompanhado dos Deputados Eduardo Bolsonaro, Fábio Trad e João Roma e das Deputadas Professora Dorinha e Jaqueline Cassol. 

Segundo o parlamentar, a prioridade do grupo tem sido elucidar questões sobre o Programa Mais Médicos e o planejamento do ministério para o futuro da Atenção Básica no Brasil.

“O Ministro Mandetta nos informou que está trabalhando no aperfeiçoamento do Mais Médicos e num programa permanente que, a princípio, se chamaria "Mais Saúde". O objetivo será fixar os médicos da Atenção Básica no que o Ministro denomina “Brasil profundo” - municípios do país de menor IDH e onde há maior carência de atendimento em saúde”, destaca Alan Rick.

Solicitei ao Ministro que incluia os brasileiros formados no exterior nesse programa. Mandetta disse estar trabalhando numa proposta de inclusão de todos através de um exame, como se fosse um concurso público. “Reafirmamos nosso pedido para que os médicos brasileiros formados no exterior sejam incluídos, pois precisamos desses profissionais atendendo nossa população”, disse Alan Rick.

Enquanto esse novo programa é planejado, o Programa Mais Médicos terá seguimento e haverá novos editais. A Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) está com o aval do Ministro para seguir publicando editais. Existe uma previsão para que se abra novo edital já em abril.

Com relação aos médicos alocados em perfis de 1 a 3, o Ministro explicou que quem solicitou renovação automática logo que entrou será renovado automaticamente, de acordo com a lei. Quem não solicitou essa renovação quando ingressou no Mais Médicos vai ter a oportunidade de reingressar no Programa com os novos editais.

“É importante ressaltar que o Revalida não passa pelo Ministério da Saúde e, por isso, o Ministro não tem como dar posições finais sobre o tema. Apesar disso, Mandetta disse que os processos de revalidação precisam acontecer”, enfatiza Alan Rick que tem sido o parlamentar mais atuante na defesa da causa dos médicos formados no exterior.
-- 
Charlene Carvalho




Postagem Anterior Próxima Postagem