TSE: Um basta no laranjal

Nenhum comentário



Laranjal  

Cortar o mal pela raiz. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julgará nesta quinta-feira 28, uma ação de investigação judicial eleitoral cujo resultado vai barrar, ou no mínimo arrefecer, fraudes de partidos que usam mulheres como candidatas laranjas para preencher a cota obrigatória de 30%.
* A tendência é que o tribunal confirme sentença do TRE do Piauí, levando à cassação de toda a chapa de seis vereadores do município de Valença do Piauí eleitos em 2016, numa coligação que registrou candidatas laranjas.
Ética no PSL

A revelação de uma série de candidaturas de laranjas bancadas com dinheiro público pelo PSL estimulou a ala do partido que trabalha para formular um estatuto e definir novas regras para a convivência na sigla. Vitaminada pela ascensão de Jair Bolsonaro, a legenda outrora nanica busca uma forma de se adequar ao status de gigante da política.

* O novo manual está na terceira versão e foi apresentado a cerca de dois terços da bancada. Entre as inovações, está a criação de um conselho de ética

Reforma da Previdência   

A reforma da Previdência enviada ao Congresso deve prejudicar os idosos mais pobres, os trabalhadores rurais e as mulheres, segundo avaliação do ex-ministro da Previdência Carlos Gabas e do diretor técnico do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Clemente Ganz Lúcio.

* Para os dois especialistas, a proposta de Bolsonaro coloca em risco a seguridade social, prejudica os trabalhadores mais carentes ao instituir a idade mínima para a aposentadoria e erra ao não alterar o sistema de financiamento da Previdência.

Nova era
 A nova identidade visual do Governo do Acre será conhecida nesta segunda-feira 25. O helicóptero João Donato que ostentava a bandeira vermelha do PT terá nova roupagem e será apresentado junto com a entrega de viaturas para as polícias civil e militar.
Em baixa
Se PSDB e PT foram os grandes derrotados das eleições 2018, quem agora mergulha no ocaso sob Jair Bolsonaro é o antes todo-poderoso MDB. Fora do Planalto, sem o comando do Legislativo e com apenas três governos estaduais, os emedebistas terão de readequar seus sonhos de consumo à nova realidade.
Vacas magras
Em tempos de vacas magras, a ida da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, ao Acre para o fortalecimento do Agronegócio é uma luz que se acende no final do túnel para alavancar a economia no estado. Atualmente, essa é a grande cartada na maioria dos estados brasileiros.
* Rondônia, vizinha do Acre, e Paraná são provas de que o agronegócio gera renda e alimento na mesa.
A favor
Acompanhada da deputada estadual Antônia Sales, a deputada federal Jéssica Sales considerou muito significativa a ida da ministra Tereza Cristina que, num gesto simbólico, demonstrou comprometimento em fortalecer a economia do Acre através do agronegócio.
* Jéssica Sales acredita que o apoio à produção é uma iniciativa imprescindível e poderosa para garantir o desenvolvimento do estado, de modo que o seu mandato é pautado nessa prioridade.
Frase
“A decisão de Maduro de fechar a fronteira é um ato de desrespeito  aos cidadãos venezuelanos e aos organismo internacionais que tentam enviar alimentos e medicamento àquele país vizinho” – do senador Chico Rodrigues (DEM-RR).










Nenhum comentário

Postar um comentário