Sport trata os últimos detalhes da venda de Everton Felipe

Nenhum comentário
O Sport está muito perto de oficializar a venda do meia Everton Felipe para o São Paulo. Enquanto algumas publicações da imprensa paulista já dão o negócio como fechado, a diretoria leonina garante que está tudo apalavrado, mas ainda há pequenas pendências e por isso o contrato ainda não foi assinado. O valor a ser pago pelo Tricolor do Morumbi, caso a negociação seja fechada, deveria ser de um total de R$ 3 milhõespor 40% dos direitos econômicos.

Com isso, sobrariam ainda 5% para o Leão, além dos 2,75% por ser clube formador. O restante ficou da seguinte forma: 30% do jogador e seu empresário, mais 25% do Banco BMG. Porém, uma boa fatia desse valor deverá ser abatida por dívidas do Sport com o jogador e até mesmo com o clube paulista. “Realmente está bem amarrado e apalavrado, mas no futebol o que importa é a assinatura. E isso ainda não foi feito. Faltam detalhes”, comentou Nelo Campos, diretor de futebol.

De acordo com as informações apuradas pela Folha, o Sport ainda tem uma dívida de R$ 800 mil que faltaram ser pagos ao São Paulo pela compra definitiva do atacante Rogério, em 2017. Esse valor vai ser descontado pelo clube paulista na compra de Everton Felipe, caso ela seja concretizada.

O entrave maior fica por conta das dívidas do Sport com o jogador, com o clube devendo 13º salário de 2017, demais vencimentos e luvas. Essa fatia é que a diretoria rubro-negra tenta não descontar agora para só assim conseguir receber os R$ 2,2 milhões. A intenção dos dirigentes rubro-negros é conseguir ganhar tempo para resolver as dívidas diretas com Everton Felipe, quem sabe apenas na justiça.

No São Paulo, Everton atuou apenas duas vezes neste ano, uma como titular, mas foi sacado no intervalo contra o São Bento, pelo Campeonato Paulista.

FolhaPE


Nenhum comentário

Postar um comentário