Sindmed-AC encontra condicionadores de ar sem manutenção na UPA



A diretoria do Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) apresentará um relatório a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) apontando as falhas encontradas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Sobral. O objetivo é apontar os problemas que persistem há anos e cobrar a resolução para a melhoria do atendimento.
Na relação dos problemas que persistem a falta de médicos suficientes; a falta de insumos, como abaixadores de língua; a falta de manutenção dos condicionadores de ar; a falta de policiamento; e lençóis para os leitos das enfermarias, aumentando a exposição dos pacientes aos germes hospitalares. Os membros do Sindicato visitaram a UPA Sobral no final da manhã do sábado (23/02).
“São problemas que prejudicam o atendimento. Mesmo que haja médicos, ainda falta estrutura, o que pode prejudicar ainda mais a saúde dos pacientes, porque é preciso realizar a limpeza e manutenção regular do ar-condicionado com o objetivo de evitar a propagação de doenças. A falta de lençóis também amplia a possibilidade de contaminação, porque as pessoas ficam em contato direto com a capa do colchão”, explicou o primeiro-secretário, Guilherme Pulici.
Segundo Guilherme Pulici, a falta de atendimento nos postos ou a limitação de fichas para consultas vem prejudicando a população que, para casos mais simples, são obrigadas a procurar as UPAs, ampliando o tempo de espera e prejudicando a saúde do paciente e do próprio servidor que acaba tendo sobrecarga de trabalho.
“Há uma parcela de culpa pelo caos que deve ser atribuída a Prefeitura de Rio Branco que não atende os casos simples e acaba jogando toda a responsabilidade para os médicos que atuam nas unidades de saúde do Estado. A UPA acaba recebendo um fluxo 60% superior porque as unidades do município não funcionam”, afirmou o sindicalista.
O diretor do Sindmed-AC explicou que buscará se reunir também com a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) para cobrar maior responsabilidade no atendimento.

-- 


Postagem Anterior Próxima Postagem