Náutico segura empate e avança na Copa do Brasil

Nenhum comentário
O maior objetivo do Náutico para o início da temporada 2019 foi alcançado. Com o empate em 1x1 diante do Imperatriz/MA, nesta terça (12), no Frei Epifânio, o clube passou de fase na Copa do Brasil e arrecadou R$ 625 mil com a classificação. Somado com os R$ 525 mil recebidos com a participação no torneio, os pernambucanos ultrapassam o valor de R$ 1 milhão de renda oriunda do torneio nacional - verba importante para manter as finanças equilibradas. O Timbu aguarda agora o adversário da segunda etapa, que sairá do duelo entre Sinop/MT e Santa Cruz, nesta quinta (14), no Municipal de Sinop.

Jogar com a vantagem do empate não colocou o Náutico apenas em seu campo de defesa aguardando o Imperatriz. Luiz Henrique era o responsável por iniciar praticamente todas as jogadas ofensivas. O Imperatriz insistia nas jogadas pelo meio, mas sem qualidade.

A pressão dos mais de sete mil torcedores do time da casa no Frei Epifânio foi uma amostra do que o Timbu vai encarar futuramente – a equipe também disputará a Série C no segundo semestre. Mas o apoio das arquibancadas não foi capaz de salvar os mandantes no apagar das luzes da primeira etapa. Entre trovões e relâmpagos no céu do Maranhão, André Krobel tirou o zero do placar. O lateral-direito cobrou falta e contou com o ‘morrinho artilheiro’ para enganar Jean e deixar os alvirrubros mais próximos da classificação.

Logo nos primeiros minutos do segundo tempo, Jorge Henrique teve ótima chance para marcar, mas o chute cruzado passou rente ao gol. Após o lance, o meia sentiu um incômodo no joelho e deixou o gramado para a entrada de Rhaldney. Outro que também saiu com dores no local foi o atacante Wallace Pernambucano. Sem suas duas principais peças, o Náutico tratou de administrar o placar. Os maranhenses se lançaram ao ataque em busca de uma virada. Antes mesmo do apito final, os torcedores do Imperatriz já deixavam o estádio. Quem ficou, porém, viu o árbitro marcar penalidade de Sueliton, que foi expulso, em Lucas. Daniel Barros cobrou e deixou tudo igual. Mas não havia tempo para reação. O Timbu segurou o 1x1 e passou de fase na Copa do Brasil.

Ficha técnica

Imperatriz/MA 1

Jean; Gabriel Paulino, Anderson Schmoeller, Renan Dutra e Renan Luis; Sousa Tibiri (Hugo Leonardo), Daniel Barros e João Neto (Gabriel); Kaká (Matheus), Júnior Chicão e Lucas Campos. Técnico: Ruy Scarpino

Náutico 1

Bruno; André Krobel (Wagninho), Sueliton, Diego Silva e Assis; Jiménez, Luiz Henrique e Lucas Paraíba; Jorge Henrique (Rhaldney), Robinho e Wallace Pernambucano (Tharcysio). Técnico: Márcio Goiano

Local: Frei Epifânio (Imperatriz/MA)
Árbitro: Ivan da Silva Guimarães Junior (AM). Assistentes: Uesclei Regison Pereira dos Santos e Alexsandro Lira De Alexandre (ambos do AM)
Gols: Krobel (aos 46 do 1ºT) e Daniel Barros (aos 47 do 2ºT)
Cartões amarelos: Kaká, Anderson, Renan Dutra, Gabriel (I); Sueliton, Bruno, Robinho, Krobel (N)
Cartão vermelho: Sueliton (N)
Renda: 100.005,00
Público: 7.871 torcedores

FolhaPE


Nenhum comentário

Postar um comentário