Maduro toma posse para segundo mandato como presidente da Venezuela

Nenhum comentário

                                                                          © Carlos Garcia Rawlins/Reuters

Nicolas Maduro foi empossado para seu segundo mandato na presidência na Venezuela na manhã desta quinta-feira (10), em cerimônia no Tribunal Supremo de Justiça do país. Isso porque a Assembleia Nacional, dominada pela oposição, não reconhece a legitimidade do novo período do chavista no poder, que deve durar até 2025.

Assim que recebeu a faixa presidencial Maduro criticou opositores durante um longo discurso. Ele disse que a Venezuela está no "centro de uma guerra mundial" e teceu criticas aos países vizinhos como Brasil e Colômbia. "Veja o caso do Brasil, o surgimento de um fascista como Jair Bolsonaro" - atacou.


A deputada federal eleita e presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, Gleisi Hoffmann, participou da posse de Nicolás Maduro. Em nota divulgada pelo partido, a petista explica o motivo para ir ao evento: “Mostrar que a posição agressiva do governo Bolsonaro contra a Venezuela tem forte oposição no Brasil”.

Nenhum comentário

Postar um comentário