Bando armado intercepta ônibus e mantém mais de 40 passageiros reféns em BR no interior do AC

Nenhum comentário
Um ônibus, que saía de Cruzeiro do Sul com destino a Rio Branco, na noite desta segunda-feira (21), foi intecpetado por bandidos, a 40 quilômetros da cidade de Tarauacá, e renderam 45 passageiros e os funcionários de uma empresa de transporte intermunicipal.
Eles levaram as bagagens, objetos pessoais e os valores em dinheiro das vítimas. Os bandidos aproveitaram um trecho onde há muitos buracos na estrada para invadir o ônibus no momento que trafegava com velocidade reduzida.
Os representantes da empresa preferem não falar sobre o assunto com medo de represália por parte dos criminosos.
De acordo com a PM, os bandidos passaram mais de 20 minutos mantendo os passageiros e os servidores da empresa reféns e exigindo que todos entregassem os objetos pessoais e dinheiro. Os cinco homens só deixaram as vítimas depois que avistaram os faróis de outro ônibus que se aproximava do local.
A PM está analisando as imagens das câmeras de monitoramento do ônibus para tentar identificar os criminosos.
“Já temos algumas informações e imagens de possíveis autores do delito e estamos com serviços de inteligência fazendo as buscas e investigações para que possamos, junto com a polícia judiciária de Tarauacá, chegar aos criminosos”, garante o major Manoel Jorge da Silva, comandante da PM.
A PM informou que há vários registros de assaltos praticados por grupos criminosos que atacam os carros que viajam pela rodovia federal.
“Desde o ano passado temos observado esse tipo de delito na região e, por conta disso, temos feito operações conjuntas da PM de Cruzeiro do Sul com a de Tarauacá. Já fizemos, no ano passado, a prisão de pessoas naquela região do Tauari, que deu uma cessada nesse tipo de crime. É importante salientar que a fiscalização desse perímetro é da Polícia Rodoviária Federal, mas por termos comunidades na BR, a PM não vai deixar de fazer o patrulhamento nessa região”, afirmou o comandante da PM.
fonte   g1.globo.com


Nenhum comentário

Postar um comentário