A jovem saudita de 18 anos que fugiu da família chegou ao Canadá após receber asilo

Nenhum comentário
A jovem saudita de 18 anos, Rahaf Mohammed al-Qunun, que fugiu da família chegou a Toronto no Canadá neste sábado (12) após receber asilo. Ela disse que temia ser morta por sua família, porque renunciou ao Islã. Rahaf estava de férias com familiares no Kuwait quando fugiu. Ela pretendia viajar para a Austrália, onde esperava pedir asilo. Após ter o seu passaporte retido durante sua passagem por Bangcoc, se trancou em um quarto de hotel no aeroporto e se recusou a embarcar de volta ao Kuwait. Após fazer um apelo pelas redes sociais, a jovem saudita ganhou o status de refugiada pela Organização das Nações Unidas.

A Arábia Saudita impõe uma série de restrições às mulheres, que vivem sob o "sistema de tutela masculina", em que o pai, irmão, marido ou filho têm autoridade para tomar decisões importantes em nome delas.


Nenhum comentário

Postar um comentário