João de Deus é encaminhado para o Complexo Penitenciário de Aparecida de Goiânia

Nenhum comentário


Depois de ser interrogado, nesta noite (16), pelo delegado de Goiás, André Fernandes, com base em 15 depoimentos coletados de mulheres que denunciaram diversos crimes sexuais , o médium João de Deus, 76 anos, foi levado para o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, denominado Núcleo de Custódia. O líder religioso se entregou no final tarde, na companhia do seu advogado.  
De acordo com o delegado, foi um interrogatório..
André Fernandes admitiu que o médium pode ser beneficiado em decorrência da idade elevada e do estado de saúde. Segundo o delegado, são benefícios assegurados na lei. Porém, ressaltou Fernandes, há semelhanças entre os depoimentos envolvendo vários suspeitas de crimes.
“Contra costumes diversos, mediante fraudes, várias tipologias pela equipe e que, ao final, teremos uma posição mais clara”, afirmou o delegado.
Após coletar 15 depoimentos, André Fernandes disse que há fortes indícios de culpa por parte do médium. “O que chama mais atenção é a singularidade de comportamento. Nesses depoimentos há um ato comum, um modus operandi [modo de agir] comum. A gente percebe uma igualdade de comportamento.”
Para o delegado, “é difícil” ocorrer uma acareação entre as mulheres e o médium, embora a possibilidade exista. Ele disse que voluntários e funcionários da Casa Dom Inácio de Loyola, denunciados por cumplicidade, serão ouvidos. Com informações da Agência Brasil.   

Nenhum comentário

Postar um comentário