Gerson Camata é morto a tiros em Vitória

Nenhum comentário


O ex-governador do Espírito Santo, Gerson Camata, 77, foi morto na tarde desta quarta-feira (26) no bairro da Praia do Canto, em Vitória. Ele recebeu um tiro no pescoço, não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O autor dos disparos, Marcos Venicio Moreira Andrade, 66, foi preso no local do incidente por policiais militares que estavam de folga. Em depoimento à polícia, ele confessou o crime.

Andrade foi assessor de Camata durante mais de 20 anos e era alvo de uma ação judicial movida pelo ex-governador. Por causa desta ação, Andrade teve R$ 60 mil bloqueados em uma de suas contas bancárias.
Em depoimento, ele afirmou que foi tirar satisfações do ex-governador ao encontrá-lo em uma rua na Praia do Canto, bairro onde o agressor mora. Após uma discussão verbal, o ex-assessor sacou uma arma e disparou contra o ex-governador.
A arma era registrada em nome de Marcos Venício, mas estava com o registro vencido e em situação irregular. Andrade está sendo ouvido pelo Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa.

Nenhum comentário

Postar um comentário