Damara Alves é confirmada ministra de Direitos Humanos do governo Bolsonaro

Nenhum comentário


A advogada, educadora, e pastora Damares Alves, assessora do senador Magno Malta(PR-ES) e ex-assessora do ex-deputado Henrique Afonso (PV-AC) , será a chefe do futuro Ministério da Mulher, Família e dos Direitos Humanos do governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL). O anúncio foi feito pelo futuro ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS) na tarde de hoje. .
A Funai (Fundação Nacional do Índio), hoje subordinada ao Ministério da Justiça, ficará debaixo do guarda-chuva do novo ministério.
Damares afirmou que a prioridade na pasta será a formulação de políticas públicas que “não têm chegado às mulheres”. Outra área que segundo ela terá atenção especial será a da infância, com um “pacto de verdade”.
Com a indicação de Damares para a Esplanada dos Ministérios, Bolsonaro já definiu 21 dos 22 ministérios de seu governo. Falta apenas definir e anunciar o titular do Ministério do Meio Ambiente.

 



Nenhum comentário

Postar um comentário