Após visita ao Pronto-Socorro, Gladson Cameli e Alysson Bestene visitam Maternidade e Hospital da Criança

Nenhum comentário

Governador eleito fez questão de ouvir as famílias e disse que na sua administração, o servidor da Saúde será valorizado como deve ser


O senador e governador eleito, Gladson Cameli (Progressistas), esteve na Maternidade Bárbara Heliodora e no Hospital da Criança, na tarde deste sábado, 22. Acompanhado do seu futuro secretário de Saúde, Alysson Bestene e do médico Wagner Bacelar, que no seu governo será o diretor-geral do complexo que forma as duas unidades, o novo governador foi ver de perto as reais condições de funcionamento dos prédios e ouvir os servidores e pacientes. 

Ele constatou que tanto a maternidade quanto o hospital necessitam urgentemente de reparos. Pisos quebrados, postos de enfermarias desativados por causa de goteiras imensas, além de salas ambulatoriais fechadas são apenas alguns dos problemas que serão herdados pela nova gestão.

Há menos de duas semanas, Gladson Cameli também visitou as enfermarias do Pronto-Socorro de Rio Branco, constatando as condições precárias em que se encontra a unidade de saúde.


Na maternidade, Gladson Cameli doou fraldas e brinquedos para mães e crianças internadas e verificou que, na Maternidade Bárbara Heliodora, o maior problema é a falta de leitos. Por conta disso, segundo os funcionários, a sala de observação é constantemente improvisada para acomodar as parturientes, quando a capacidade das salas de leitos se esgota. Essa situação gera transtornos como por exemplo, o de mães terem de dormir praticamente sentadas. 

A maternidade recebe grávidas de todo o estado e também dos municípios do Amazonas e de Rondônia. Por isso, a demanda por acomodações dignas, há muito tempo já deveria ser uma prioridade. 

“Estou aqui pra dizer a vocês que tenham paciência porque vamos trabalhar para que tenham ambiente de trabalho saudável, com dignidade e valorizando cada um de vocês, nossos grandes”, afirmou o governador eleito, cujas palavras de encorajamento alegraram as pessoas, em cada setor que ele visitou. 

Moradora de Ipixuna, no Amazonas, a dona de casa Ivanete Souza da Silva, de 18 anos, há dois meses espera no Hospital da Criança uma cirurgia de correção de intestino para a sua filha, Maria Elisa, de 11 meses. Gladson fez questão de ouvir atentamente a sua história de luta.  

Para o governador eleito, que assume a partir do dia 1º de janeiro, será preciso traçar estratégias para melhorar o atendimento, garantindo o diálogo entre os servidores e a administração, e promovendo um esforço conjunto para que as duas unidades voltem a funcionar com as condições dignas para as famílias acreanas.

Também participaram da visita, o deputado eleito José Bestene (Progressistas) e profissionais da Saúde que fazem parte da equipe de transição do novo governo. 

Por Silvânia Pinheiro

Nenhum comentário

Postar um comentário