Gladson Cameli visita Tribunal de Contas e Defensoria Pública do Estado

Nenhum comentário

O governador eleito solicitou ao TCE um relatório sobre a situação econômica do estado

Dando continuidade a agenda de visita às instituições do estado do Acre, o senador e governador eleito Gladson Cameli (Progressistas), reuniu-se nesta quinta-feira (8) com conselheiros do Tribunal de Contas do Estado (TCE) e com Defensores Públicos.
Acompanhado do advogado José Ribamar Trindade, coordenador da equipe de transição e futuro chefe da Casa Civil, ele ouviu a Corte de Contas e os membros da Defensoria Pública reafirmando o diálogo e as parcerias do seu governo com as instituições públicas.
Gladson Cameli também reforçou aos conselheiros e técnicos do TCE que sua intenção é trabalhar em unidade com todas as instituições, visando sempre a melhoria da qualidade de vida da população e o desenvolvimento do estado.
“Venho aqui com muita humildade me colocar à disposição do TCE para, a partir de janeiro de 2019, unirmos forças para trabalhar pelo nosso estado. Sei da importância desse Tribunal para que possamos fazer um bom trabalho. Quero fazer uma gestão transparente e que atenda os anseios da nossa população, por isso, preciso contar com o apoio do TCE”, disse.
O presidente do TCE, conselheiro Valmir Ribeiro, agradeceu a visita do governador eleito desejando sorte em sua gestão e afirmando que a Corte de Contas é parceira, que estará sempre à disposição para ajudar o novo governo.
“É uma honra recebermos o governador eleito. O TCE é um parceiro dos gestores. Estaremos sempre de portas abertas para ajudar, orientando e contribuindo para que os recursos públicos sejam utilizados da melhor maneira possível”, disse.
Participaram do encontro os conselheiros José Augusto de Faria, Antônio Malheiro e Naluh Gouveia, além do procurador chefe do Ministério Público de Contas, Sérgio Cunha e técnicos do TCE.
Durante o encontro, o senador Gladson Cameli solicitou informações sintetizadas da situação econômica do estado devido ao grande volume de informações contidas no Portal da Transparência do Estado e do Tribunal de Contas. O relatório deverá ser apresentado ainda esse mês pela equipe técnica da Corte.

Na Defensoria Pública, Gladson Cameli foi recebido pelos defensores Roberta de Paula Melo, Simone Santiago, Thaís Araújo, Ronney Fecury, Cássio Tavares, Celso Araújo e pelo diretor-geral, Marcos Pereira, que relataram as dificuldades enfrentadas para a execução de ações do órgão, principalmente no interior do estado.  As autoridades também apresentaram ao governador eleito sugestões de projetos que objetivam aproximar com maior eficiência a Defensoria Pública de todos os cidadãos acreanos.
“Para mim os defensores públicos são verdadeiros heróis, pois estão disponíveis diariamente para atender a sociedade em processos de diversas naturezas, e na maioria das vezes, trabalhando sem a estrutura necessária. Saibam que o nosso governo será de diálogo e parceiras com todas as instituições, principalmente no tocante a segurança pública do nosso estado”, disse Cameli.
Gladson também convidou os defensores públicos para participarem de uma reunião com o Tribunal de Contas do Estado (TCE) e todos os Poderes para apresentação de um relatório sobre a situação econômica do estado prevista para acontecer até o final do mês de novembro.


Nenhum comentário

Postar um comentário