Tropeço contra o Palmeiras engrossa lista de decepções do Flamengo no Maracanã em 2018

Nenhum comentário


Entupido de rubro-negros e com uma atmosfera contagiante, o Maracanã teve um sábado daqueles de cartão postal. A torcida cantou durante 90 minutos, aplaudiu o esforço do time no fim, mas uma vez mais foi para casa com um gosto amargo. O Flamengo empatou por 1 a 1 com o Palmeiras e falhou na missão de se aproximar do líder. Mais um tropeço em jogo decisivo no estádio. Algo que virou uma infeliz rotina em 2018.


O Maracanã sempre foi e continua sendo um grande aliado do Flamengo. No Campeonato Brasileiro, por exemplo, em 15 jogos, o time venceu 12, empatou um e perdeu apenas dois no estádio. Marcou 25 gols e sofreu somente cinco. Em jogo decisivos, no entanto, o Rubro-Negro tem deixado a desejar na temporada. O empate com o Palmeiras engrossou a lista.




Tropeços no Maracanã custaram caro na Libertadores e na Copa do Brasil. No Carioca a eliminação para o Botafogo, na semifinal, ocorreu no estádio. Mas o que acontece com o Flamengo que se acostumou a conquistas diante de sua torcida? A pressão por resultados expressivos em jogos decisivos diante de seu torcedor seria um peso a mais para o time? Dorival Júnior rechaçou a tese.




Nenhum comentário

Postar um comentário