Notas da Corte

Nenhum comentário
Notas da Corte

Márcio Accioly


Reparação

Nos últimos dias, uma das maiores preocupações do PT e de seus integrantes é com relação à delação premiada efetuada pelo ex-ministro Antônio Palocci (Fazenda). Ex-fundador da legenda, além de figura que fazia parte do círculo direto de decisões, Palocci, preso em Curitiba, não está mais aguentando o peso de pagar seus pecados (que são muitos), sonhando ganhar prisão domiciliar com a revelação do que sabe.

Boca no trombone

A delação de Palocci já reúne quase uma centena de folhas, além de documentos com datas, locais de reunião e um monte de provas indesmentíveis! Até agora, segundo aqueles que tiveram acesso, os mais implicados são o ex-presidente Lula da Silva, o ex-Chefe da Casa Civil Zé Dirceu e a atual senadora Gleisi Hoffman (PT-PR). A descrição da roubalheira efetuada pela máquina petista é de causar vergonha a quem tem.

Tomando posse

O PT aparelhou inteiramente o Estado brasileiro, colocando em postos chaves uma porção de criminosos, todos dispostos a saquear os cofres públicos nos vários departamentos e agências, em negociatas e escândalos que fossem capazes de produzir.

Desvios

Os fatos revelados pelo ex-ministro deixam evidenciado o porquê do Brasil estar afundando como se observa. Mas o pior é constatar que a estruturação da roubalheira continua de pé e que os atuais governantes insistem em se apropriar dos impostos extorsivos que são cobrados da população. Bilhões e bilhões de impostos pagos são roubados diariamente e a conta nunca fecha.

Furo

Quem publicou a informação do avanço da delação de Palocci foi a revista IstoÉ, expondo detalhes que assombram pela ousadia dos desmandos praticados. Os brasileiros estão à mercê de poderosíssimas quadrilhas instaladas nos três Poderes: Legislativo, Executivo e Judiciário. Vai ser muito difícil removê-las de seus postos, pois são elas que comandam todas as diretrizes e decisões nacionais.

Ruína

Paralelamente, a Rede Globo-PE mostrou reportagem a respeito da Refinaria Abreu e Lima (localizada em Pernambuco), explicando como ela evoluiu de seu custo inicial de R$ 6 bilhões para R$ 75 bilhões! Foi um processo em que petistas como Lula ficaram ricos, inclusive o governador estadual, à época, Eduardo Campos.
É fácil deduzir por que o preço de nossos derivados de petróleo são tão caros e por que, apesar de tantos impostos (bilhões e bilhões de reais), não se recebe nada em troca e o país vive na carência absoluta. O problema é o roubo de todos os anos, todas as horas, todos os minutos, pois nossos representantes não sabem fazer nada mais além.

Nenhum comentário

Postar um comentário