Kerber vence Serena e conquista Wimbledon pela primeira vez

Nenhum comentário
As chances de Serena Williams, 36, conquistar o título de Wimbledon e de quebra conseguir mais duas façanhas na sua vitoriosa carreira, foram frustradas por quem também perseguia grandes feitos neste sábado (14).

A alemã Angelique Kerber, 30, que venceu a americana por 2 sets a 0 (duplo 6/3), chegou ao seu terceiro título de Grand Slam em três torneios diferentes. Em 2016, ela ganhou o Aberto da Austrália (também contra Serena) e o Aberto dos EUA.

Após uma temporada memorável há dois anos, quando além dos títulos ficou com o vice em Wimbledon (daquela vez derrotada pela americana) e chegou à liderança do ranking, Kerber viu seu rendimento cair no ano passado e fechou a temporada na 21ª posição.

Em 2018, seu desempenho vinha sendo mais regular, mas sem brilho. No Slam britânico, porém, ela fez grande campanha e só perdeu um set.

Na decisão contra Serena, errou pouco e jogou de forma inteligente, mas nem precisou do seu melhor tênis, já que a americana estava num dia errático -cometeu 24 erros não forçados contra 5 da rival.

Com seu terceiro título de Slam, a alemã torna-se a quarta jogadora em atividade com mais títulos desse nível. Fica atrás de Serena (23), Venus (7) e Sharapova (5) e se isola de outras contemporâneas de destaque, como Azarenka, Muguruza e Kvitova, todas com dois troféus.

Para Serena, que buscava seu 24º título de Grand Slam, o que a igualaria a Margaret Court como maior vencedora da história, e também ser a quarta na era profissional a ganhar após ter se tornado mãe, a sensação é de que as façanhas foram apenas adiadas.

Wimbledon foi o quarto torneio de Serena após dar à luz, em setembro do ano passado. Ter chegado à final certamente já superou suas expectativas, como ela destacou no discurso de vice-campeã ao dizer que não iria se sentir decepcionada com o resultado e que esse é apenas o início do seu retorno ao circuito.

Kerber, na habitual troca de gentileza entre as amigas, concordou: "Tenho certeza que você terá seu próximo título de Grand Slam em breve. Estou realmente certa disso", afirmou a campeã.

A expectativa passa a ser grande para o Aberto dos EUA, onde Serena terá nova oportunidade de alcançar esses feitos, desta vez em solo pátrio.



FOLHAPE


Nenhum comentário

Postar um comentário