Governo não exclui remanejar fundos para 'repor' R$ 200 mi à Segurança

Nenhum comentário

Ministro Raul Jungmann afirmou que a pasta não corria risco de ficar sem recursos

© Reprodução

POR ESTADAO CONTEUDO


O Ministério da Fazenda não descarta que o Ministério da Segurança Pública consiga os R$ 200 milhões que deixará de receber da Medida Provisória 841/2018 através de outras fontes e dotações orçamentárias.

Como o ministério é "novo", a avaliação é de que ele não "perde" com a decisão do governo de modificar MP que repassa R$ 1,2 bilhão da arrecadação das loterias para destinar cerca de R$ 1 bilhão para o Fundo Nacional de Segurança Pública (FNSP).
A decisão de reduzir o valor previsto para a pasta causou surpresa no Ministério da Segurança Pública. A previsão da pasta era de receber R$ 800 milhões com a MP 841, portanto, a avaliação foi de que houve ganho.
Mais cedo, o ministro Raul Jungmann afirmou que a pasta não corria risco de ficar sem recursos. "A decisão do governo é, mantendo os recursos para a segurança, que é prioridade, mas ao mesmo tempo recompor recursos para Cultura e Esporte", disse Jungmann. Com informações do Estadão Conteúdo.



Nenhum comentário

Postar um comentário