Aston Martin cria V8 Cygnet: 430 cavalos num carrinho de 2 lugares!

Nenhum comentário

Criado em 2011 com base no Toyota iQ para equilibrar uma imposição da União Europeia (média de emissões de poluentes dos veículos da marca), o Aston Martin Cygnet foi um fracasso de vendas e parou de ser comercializado em 2013, mas agora é trazido de volta à vida no Festival da Velocidade de Goodwood, em um projeto insano: o compacto urbano de dois lugares recebeu o mesmo motor 4.7 V8 de 430 cavalos e 50 kgfm de torque que equipa o cupê Vantage S.



A carroceria recebeu várias modificações para acomodar o motor, muito maior que o 1.3 de 98 cavalos que o equipava regularmente. As rodas aumentaram de 16 para 19 polegadas, e demandaram o alargamento dos para-lamas e a instalação de pneus mais largos (275/35 na traseira). Naturalmente, o câmbio Sportshift de 7 marchas também precisou ser "transplantado" de um Aston Vantage. 


Com peso de 1375 quilos sem fluidos, o carrinho agora acelera de 0 a 96 km/h em 4,2 segundos e alcança a velocidade máxima de 273 km/h - cerca de 100 km/h a mais do que o Cygnet original. Para ajudar na frenagem, os freios agora possuem diâmetro de 38 centímetros na frente e 33 cm atrás.


O interior também recebeu diversas modificações, como a adição de uma gaiola de proteção na cor da carroceria, além de bancos tipo concha com cintos de quatro pontos e volante removível com revestimento de Alcantara, sem deixar de lado algumas comodidades, como ar-condicionado, som com duas entradas USB e insertos de couro convivendo com a fibra de carbono "crua".





Nenhum comentário

Postar um comentário