Concurso Receita Federal: Déficit aumenta e novo edital é urgente, com inicial de até R$ 20.123,53

Nenhum comentário
Por conta da baixa no quadro de servidores, o concurso da Receita Federal é cada dia mais aguardado, tanto pelos concurseiros, quanto pelo próprio órgão. Segundo informações da segundo a Coordenação de Gestão de Pessoas do órgão, o déficit atual, que já é preocupante, pode se agravar ainda mais em virtude das aposentadorias anuais.

Fatores como este colaboram para que o pedido que está no Ministério do Planejamento tramite com maior celeridade. Atualmente, há falta de 17.126 servidores, que devem ser repostos por meio de concurso público.

Entretanto, ainda a Pasta ainda não deu nenhuma previsão quanto a concessão do aval para a realização de um novo concurso para o órgão. Apesar disso, as expectativas para a abertura do certame estão cada dia maiores.

A falta de funcionários reflete-se em diversos setores do país, sendo que uma das áreas mais prejudicadas são as áreas de fronteiras, em que a eficácia fiscalização começa a diminuir na medida em que o número de servidores da Receita também cai.

Outros locais que podem ser duramente afetados são os portos e aeroportos, que demandam um grande esforço daqueles que trabalham na Receita Federal.

Situação crítica


Segundo um levantamento realizado em dezembro de 2017, até o final deste ano, até 600 funcionários podem se aposentar. Este fato aumenta, ainda mais, a preocupação em relação ao órgão, já que a cada ano o efetivo está menor.

O Tribunal de Contas da União (TCU), inclusive, já alertou sobre a necessidade de realização do concurso Receita Federal 2018. Uma vez que a diminuição da fiscalização por parte do órgão representa queda significativa na arrecadação de impostos, os cofres públicos podem sofrer sérios danos, o que causará inúmeros prejuízos ao Brasil.

Concurso Receita Federal 2018


O pedido para o concurso Receita Federal foi protocolando junto ao Planejamento em maio de 2017, e desde então, já tramitou por diversos setores. A solicitação, contempla, ao todo,  2.083 vagas para analista tributário (1.453) e auditor-fiscal (630).

Para concorrer as oportunidades disponibilizadas por ambas é necessário ter formação de nível superior completa em qualquer área de formação, desde que o diploma seja emitido por instituição reconhecida pelo MEC.

Aprovados no certame terão direito a vencimentos iniciais de R$ 11.639,24  e R$ 20.123,53, respectivamente. Nestes valores já está incluso o auxílio-alimentação, que possui valor de R$ 458,00.

Além dessa, há outra solicitação para um certame de nível médio, com 904 vagas no cargo de assistente técnico-administrativo.

Últimos concursos Receita Federal


A Receita Federal abriu vagas pela última vez em 2014, quando foram oferecidas 278 vagas para auditor. Antes disso, em 2012, foi publicado um edital com 750 oportunidades para analista. Os dois concursos foram executados pela Escola de Administração Fazendária (Esaf).

O processo de avaliação contou com


Auditor: Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Administração Geral e Pública, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Tributário, Auditoria, Contabilidade Geral e Avançada, Legislação Tributária e Comércio Internacional e Legislação Aduaneira.

Analista: Língua Portuguesa, Espanhol ou Inglês, Raciocínio Lógico-Quantitativo, Direito Constitucional e Administrativo, Administração Geral, Direito Tributário, Contabilidade Geral, Legislação Tributária e Aduaneira (área Geral) ou Direito Tributário, Contabilidade Geral e Informática (área de Informática).

Por Leticia Povoa
Fonte: editalconcursosbrasil.com.br

Nenhum comentário

Postar um comentário