Brasil

5/cate1/Brasil

Política

5/cate1/Política

Concursos

4/cate2/Concursos

Carros

6/cate3/Carros

Esportes

5/cate4/Esportes

Internacional

5/cate5/Mundo

Economia

4/cate2/Economia

Vídeos

3/cate6/Vídeos

Últimas Notícias

Com novidades, Tite convoca seleção para amistosos; veja a lista

A seleção brasileira enfrenta os Estados Unidos e El Salvador nos dias 7 e 11 de setembro, respectivamente

©Lucas Figueiredo/CBF
O técnico Tite anunciou nesta sexta-feira (17) a lista de jogadores convocados para dois amistosos que a seleção brasileira vai disputar em setembro: contra Estados Unidos e El Salvador, nos dias 7 e 11, respectivamente, em território norte-americano.

A convocação é a primeira após a Copa do Mundo da Rússia e a relação divulgada pelo treinador traz muitas novidades. Hugo (Flamengo), Felipe (Porto), Lucas Paquetá (Flamengo), Andreas Pereira (Manchester United) e Éverton (Grêmio) foram chamados pela primeira vez para defender a seleção principal.

Dos 24 convocados, 13 estavam no Mundial da Rússia: Alisson, Fagner, Filipe Luís, Marquinhos, Thiago Silva, Casemiro, Fred, Coutinho, Renato Augusto. Douglas, Firmino, Neymar e Willian. Já Fabinho, Alex Sandro, Arthur e Dedé, que não foram ao Mundial, retornam ao time nacional.

Antes de Tite anunciar a lista, o coordenador da seleção, Edu Gaspar, falou em "novo ciclo" e ressaltou que a comissão técnica está mais experiente após a Copa. Além disso, ele que o goleiro Ederson estaria na lista dos convocados, mas foi liberado por “motivo pessoal”.

Um outro ponto destacado por Gaspar foi a preocupação com os clubes brasileiros que estão disputando a Copa do Brasil e o Brasileirão. Por conta disso, a comissão decidiu chamar um jogador de cada time.

Confira abaixo a lista completa:

Goleiros: Alisson (Liverpool), Hugo (Flamengo) e Neto (Valencia)

Laterais: Fagner (Corinthians), Fabinho (Liverpool), Alex Sandro (Juventus) e Filipe Luís (Atlético de Madrid)

Zagueiros: Dedé (Cruzeiro), Felipe (Porto), Marquinhos (PSG) e Thiago Silva (PSG)

Meias: Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Arthur (Barcelona), Lucas Paquetá (Flamengo), Philippe Coutinho (Barcelona), Andreas Pereira (Manchester United) e Renato Augusto (Beijin)

Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Everton (Grêmio) Pedro (Fluminense) e Willian (Chelsea).

NAOM


Imprimir


NNAS MÃOS DE BARROSO: Rosa Weber decide que ministro vai relatar registro de Lula


A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, manteve ontem à noite com o ministro Luís Roberto Barroso a relatoria do registro de candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Assim, também ficará com Barroso a análise dos pedidos para barrar a candidatura do petista à Presidência da República feitos pelo Ministério Público Eleitoral, pelo candidato a presidente Jair Bolsonaro (PSL) e pelo partido Novo.
Os três pedidos foram apresentados no processo sobre o registro de candidatura. Além deles, outras quatro pessoas, entre elas Kim Kataguiri, do Movimento Brasil Livre (MBL), e o ator Alexandre Frota, também contestaram a candidatura de Lula, mas em processos à parte. Nesses casos, o relator no TSE é o ministro Admar Gonzaga. Não se sabe ainda se ele vai preferir decidir nesses casos ou enviá-los para Barroso.
Na quarta-feira, após a procuradora-geral eleitoral e da República, Raquel Dodge, pedir que Lula fosse vetado da eleição presidencial, o PT solicitou a troca do relator. Como algumas contestações à candidatura já estavam com Admar, o partido argumentou que o novo pedido da PGR também deveria ir para ele. Mas Rosa afirmou que essas petições fora do processo principal “não têm o condão de definir o juiz natural da causa”.
Na Lava-Jato, Lula foi condenado pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), com sede em Porto Alegre, e por isso pode ser barrado pela Lei da Ficha Limpa. Em outra frente, a defesa do petista promete tentar reverter essa condenação no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Em caso de vitória, isso tiraria a inelegibilidade Lula e liberaria sua candidatura

Andreas Pereira quebra tabu de 76 anos da Seleção Brasileira



Por: Jonathan Silva, jornalista do GC

Convocado por Tite na manhã desta sexta-feira para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador nos dias 7 e 11 de setembro, respectivamente, o meia Andreas Pereira, de 22 anos, se tornou o quinto “estrangeiro” da história convocado para representar a Seleção Brasileira, quebrando um tabu que já durava 76 anos.

Antes do jogador do Manchester United, já haviam sido convocados o italiano Francisco Police, que atuou num único amistoso em 1918, o inglês Sidney Pullen, que fez cinco jogos de 1916 a 1917, o goleiro português Casemiro do Amaral, que defendeu o Brasil em seis jogos, e, por fim, o afegão Russo (Adolpho Milman), que disputou Campeonato Sul-Americano de 1942, disputado no Uruguai.

Filho de brasileiros, Andreas Pereira nasceu na cidade belga de Duffel e passou a vida toda na Europa. Nunca morou no Brasil, mas já defendeu a Seleção Brasileira sub-15 até a sub-23.

Ele ainda pode representar a Bélgica, desde que não entre em campo por um torneio oficial e profissional pelo Brasil.


Dólar dispara e chega a R$ 3,95 nesta sexta

Este é o terceiro dia consecutivo de alta da moeda norte-americana

© Reuters

 POR NOTÍCIAS AO MINUTO



Diante de incertezas geradas pelas eleições e tensões no exterior, o dólar subiu na manhã desta sexta-feira (17) pelo terceiro dia consecutivo. A moeda norte-americana chegou a R$ 3,9528.

De acordo com o Valor Pro, o dólar não atingia esse valor durante as negociações diárias desde 6 julho; e desde março de 2016 não fechava acima de R$ 3,94. O valor máximo de fechamento registrado neste ano foi de R$ 3,932, em 5 julho.
Causas
Como explica o 'G1', os investidores estão monitorando a campanha eleitoral e temem que candidatos considerados menos comprometidos com o ajuste fiscal saiam na frente na disputa.
O dólar também está valorizado diante o Real devido a tensões entre os Estados Unidos e a Turquia. Washington ameaçou impor novas sanções a Ancara se o pastor americano Andrew Brunson, acusado de terrorismo, não seja libertado. Nesta sexta-feira (17), a corte turca rejeitou recurso para livrá-lo da prisão domiciliar.
O pastor é rival do presidente Tayyip Erdogan. Ele está preso desde 2016, quando uma onda repressora varreu o país após uma tentativa de golpe contra o estado turco. O governo americano considera que as acusações contra Brunson são falsas e representam uma perseguição à fé cristã.
A crise política entre os dois países já fez com que a lira perdesse mais de 40% do seu valor frente ao dólar só neste ano. Isto tem provocado reflexos em moedas de diversos países emergentes.


Dólar dispara e chega a R$ 3,95 nesta sexta-feira (17)

Este é o terceiro dia consecutivo de alta da moeda norte-americana

©DR
Diante de incertezas geradas pelas eleições e tensões no exterior, o dólar subiu na manhã desta sexta-feira (17) pelo terceiro dia consecutivo. A moeda norte-americana chegou a R$ 3,9528.

De acordo com o Valor Pro, o dólar não atingia esse valor durante as negociações diárias desde 6 julho; e desde março de 2016 não fechava acima de R$ 3,94. O valor máximo de fechamento registrado neste ano foi de R$ 3,932, em 5 julho.

Causas

Como explica o 'G1', os investidores estão monitorando a campanha eleitoral e temem que candidatos considerados menos comprometidos com o ajuste fiscal saiam na frente na disputa.

O dólar também está valorizado diante o Real devido a tensões entre os Estados Unidos e a Turquia. Washington ameaçou impor novas sanções a Ancara se o pastor americano Andrew Brunson, acusado de terrorismo, não seja libertado. Nesta sexta-feira (17), a corte turca rejeitou recurso para livrá-lo da prisão domiciliar.

O pastor é rival do presidente Tayyip Erdogan. Ele está preso desde 2016, quando uma onda repressora varreu o país após uma tentativa de golpe contra o estado turco. O governo americano considera que as acusações contra Brunson são falsas e representam uma perseguição à fé cristã.

A crise política entre os dois países já fez com que a lira perdesse mais de 40% do seu valor frente ao dólar só neste ano. Isto tem provocado reflexos em moedas de diversos países emergentes.

NAOM


Imprimir


Presidente do TJMS entrega reforma e ampliação do Fórum de Brasilândia

Divulgação
Em uma solenidade marcada pela simplicidade e pelo sentimento de gratidão, o Des. Divoncir Schreiner Maran, presidente do Tribunal de Justiça, entregou a reforma e a ampliação do prédio do Fórum da comarca de Brasilândia.
Divulgação
Em seu discurso, ele garantiu que, a partir de agora, os quase 12 mil habitantes da próspera Brasilândia têm um espaço renovado, ampliado, com concepção de sustentabilidade, eficiência energética e acessibilidade para dar solução aos seus conflitos.

“Para tanto, investimos mais de R$ 550 mil e esse tem sido o compromisso da nossa administração: promover melhorias nos prédios da justiça, melhorar equipamentos, instalações. Acredito e trabalho para alcançar um ideal de justiça rápida, sem perder a segurança e as garantias necessárias ao processo. Instalações não fazem sucesso, pessoas sim! Isso é avanço, é o futuro. Recebam essa obra não só como o concreto frio, mas com o calor de uma justiça que busca se fazer mais eficiente a cada dia”. 
Divulgação
O juiz André Ricardo, que responde pela comarca, agradeceu ao presidente do TJMS a constante preocupação em dotar o Judiciário com as melhores condições estruturais possíveis, não se limitando a comarcas de maior porte, mas abrangendo comarcas de primeira entrância, como é o caso de Brasilândia.

“Além de preocupações meramente estéticas, como a beleza do prédio, a obra teve viés precípuo de conferir funcionalidade, acessibilidade aos portadores de necessidades especiais e de sustentabilidade ambiental. Recebemos essa obra com grande alegria. Muito obrigado”, agradeceu o juiz.
Divulgação
O prefeito de Brasilândia, Antonio Thiago, ressaltou que esta é uma data de festa, de alegria para a cidade, que recebe uma obra tão importante e lembrou que estava presente na inauguração do Fórum. 

“Nossa cidade está crescendo e existem preocupações com a qualidade no trabalho, com o meio ambiente, e o Poder Judiciário tornou este Fórum moderno, atual, contemplando todos os aspectos. Agradeço ao Des. Divoncir por olhar para nossa cidade com carinho, melhorar as condições de trabalho dos servidores, pois isso reflete na melhoria da qualidade de vida de brasilandenses”.

O Defensor Público Geral, Luciano Montali, garantiu ser uma satisfação estar presente em mais esse passo do Tribunal de Justiça, pois tem acompanhado as ações do TJMS desde a administração anterior, quando assumiu a Defensoria Geral em 2015. Montali garantiu notar que o Tribunal de Justiça preocupa-se com o servidor, é muito atuante para que a população sul-mato-grossense receba esse serviço essencial, que é a justiça, sendo o jurisdicionado muito bem atendido.

“Mesmo na situação difícil em que o país se encontra, o TJMS continua com seu trabalho de melhoria e crescimento, levando comarcas, criando e instalando varas para que a população não sofra ainda mais com essa crise. A preocupação do TJMS é com as pessoas. Poderíamos dizer esse prédio é só uma construção, mas é uma construção feita e pensada para as pessoas que trabalham aqui e para os que vêm em busca da justiça”, apontou.

O promotor Paulo Henrique Mendonça de Freitas usou a palavra em nome do Procurador-Geral de Justiça, Paulo Passos, e ressaltou também que é em tempos de crise que os direitos passam a exercer papel fundamental e para sua garantia, a população acaba batendo à porta do judiciário.

“Para ter seus direitos garantidos e respeitos, cidadão busca a justiça, resultando no crescimento da demanda, com a garantia dos direitos mínimos ao cidadão. E uma reforma como essa é um presente para essa comarca. Em nome do Ministério Público, agradeço ao presidente do TJMS o empenho para melhorar as condições de trabalho de servidores, magistrados, defensoria e MP, enfim, dos que estão a frente junto à população”.

O advogado Sérigo Marcelo Andrade Juzenas falou em nome do presidente da OAB/MS e iniciou afirmando que a obra no Fórum é um marco de crescimento da comarca. Ele cumprimentou o juiz André Ricardo, pela forma como vem conduzindo os trabalhos e agradeceu a forma respeitosa e cordial com que trata os operadores do direito. 

“Lembro de quando o Fórum era situado no centro da cidade e o plenário da Câmara Municipal era utilizado para realizar as sessões de julgamento do Tribunal do Júri. A entrega de hoje mostra que o Tribunal de Justiça não deixou de olhar para as comarcas pequenas e isso é motivo de muito orgulho para nós”.

Além dos já nominados, estiveram na solenidade autoridades locais, servidores, o Diretor-Geral do TJMS, Marcelo Vendas Righetti, e o diretor da Secretaria de Obras do TJMS, Daniel Felipe Hendges. 

Obras - A obra começou em outubro de 2017, ampliando a área construída, que passou a ter no total 563,30m². A ampliação remanejou o gabinete para uma nova área, permitindo mais qualidade no trabalho para assessores e estagiários.

Foram feitas adequações da copa e no layout interno, com mudanças na fachada. Todos os banheiros foram reformados e agora têm novos pisos, azulejos, louças e metais, além das devidas adaptações para pessoas portadoras de necessidades especiais.

Janelas, portas internas e toda a cobertura passaram por revisão antes da pintura geral, da adequação na entrada de energia e das adaptações no sistema de caixas e dutos de esgoto e água pluvial.

O prédio tem ainda estacionamento privativo murado e com cerca elétrica, proporcionando mais segurança ao juiz, além de estacionamento para os servidores. O estacionamento destinado ao público foi ampliado, com vagas para portadores de necessidades especiais.

E mais: como já ocorre há algum tempo nas obras do Poder Judiciário de Mato Grosso do Sul, a edificação é plenamente acessível, com rampas, sinalização tátil de pisos e calçadas, e banheiros adaptados para atender pessoas que tenham algum tipo de necessidade especial.

Outros pontos significativos, considerados na concepção do prédio, foram a sustentabilidade e a eficiência energética, conforme orientações do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), e as questões ambientais.

Para tanto o prédio foi dotado de condicionadores de ar tipo split, de maior eficiência energética, mais econômicos e silenciosos, luminárias e lâmpadas de alta eficiência em LED, instalação de reservatório para reuso de águas pluviais, além de privilegiar a iluminação natural e manter uma boa taxa de permeabilidade do solo.

ASSECOM


Imprimir


ELEIÇÕES 2018| Lula é citado em todos os debates regionais dessa quinta-feira (16)

Aliados e rivais mencionaram o nome do petista, que corre o risco de ter candidatura negada pelo TSE

©Ricardo Stuckert
O ex-presidente e candidato ao Planalto, Luiz Inácio Lula da da Silva (PT), foi citado por rivais e aliados em todos os sete debates regionais realizados pela Band na noite dessa quinta-feira (16), segundo observado pelo 'UOL'.

No Rio, Márcia Tiburi (PT) vestiu uma camiseta e um pingente com a imagem do petista. Ao final do debate, ela afirmou: . "Lula vai vencer, e eu também".

Já no Distrito Federal, a possibilidade da candidatura de Lula ser barrada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), com base na Lei da Ficha Limpa, foi tema de uma pergunta. Julio Miragaya (PT) afirmou que "Lula foi condenado sem prova e sem crime" antes de questionar à candidata Fátima Souza (PSOL) se ela era favorável à participação do petista nas eleições. "Lula errou porque ficou em más companhias", respondeu Souza.

Lula está preso em Curitiba desde abril para cumprir pena de 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, após ser condenado em segunda instância no caso do triplex em Guarujá (SP). O petista lidera as pesquisas de intenção de voto, mas deve ser considerado inelegível.

NAOM


Imprimir